• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Exército

Museu Aeroespacial celebra o dia do Aviador

Por Rafael Sayão      |     28/10/2013 às 9:32

Mais uma vez o Museu Aeroespacial, no Rio de Janeiro, abriu suas portas para o tradicional evento realizado em homenagem ao dia do Aviador. Conhecido por receber um dos maiores públicos presentes em portões abertos no Brasil, cerca de 30 mil visitantes, este ano o MUSAL registrou números mais discretos.

As obras na pista da Base Aérea dos Afonsos, as condições meteorológicas incertas e a divulgação em menor escala, reduziram consideravelmente o público presente no evento. Durante todo o dia a coordenação de operações de vôo teve que trabalhar conciliando as aeronaves e o vento muito forte que insistia em soprar, ora alinhado com a pista, ora de través.

Na edição deste a participação de aeronaves militares ficou restrita a uma exibição do Super Puma do 3°/8° GAv e a passagens do A-1 do 1°/16° GAv. O restante da programação ficou por conta de aeronaves civis acrobáticas que sofreram muito com as rajadas de vento constantes.

Os Falcões, equipe de salto-livre da Força Aérea Brasileira, realizaram uma bela exibição. Devido ao vento, alguns militares acabaram arvorando nas instalações da Brigada de Infantaria Pára-quedista. A perícia dos Falcões, mesmo em condições extremamente adversas, fez com que nenhum militar se ferisse no incidente.

A grata surpresa do dia foi à participação da Esquadrilha CÉU composta por ex-pilotos do EDA e que surpreendeu a todos com sua chegada arrojada ao Campo dos Afonsos. Efetuando o display realizado pela Esquadrilha da Fumaça na época dos NA-T6, os veteranos da Esquadrilha arrancaram gritos entusiasmados dos mais novos e suspiros dos mais saudosistas.

Além das atrações aéreas o Museu ofereceu aos visitantes exposições de aeromodelismo e rádio-amador. As impecáveis viaturas do Clube de Veículos Militares Antigos do Rio de Janeiro, mais uma vez marcaram presença e disputaram com as aeronaves a atração do público.

Apesar do público reduzido e da baixa participação de aeronaves, provocada principalmente pelas limitações na pista dos Afonsos, é preciso saudar o MUSAL e sua direção por manter viva a tradição dos shows aéreos na cidade do Rio de Janeiro e levar a população a desfrutar de um dia inteiro de contato com a história aeronáutica brasileira.

 

, , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Base Aérea de Santa Cruz abre suas portas em evento festivo

“Portões Abertos 2015” do Museu Aeroespacial

Voando com o Esquadrão Adelphi




©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.