• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Exército

Rabdomiólise, uma preocupação recente com a segurança da instrução

Por Fernando Montenegro      |     20/06/2013 às 9:37

 Rabdomiólise, é uma síndrome caracterizada pela necrose muscular e liberação dos constituintes das células na corrente sanguínea, é um nome que assusta quando escutado pela primeira vez e provoca as mais variadas expressões faciais após sua explicação. O assunto tem sido objeto de pesquisa e estudo de profissionais ligados à medicina desportiva, preparadores físicos e instrutores de treinamentos de combate dos principais centros de treinamento militares do mundo. Simplificando-se a explicação para leigos, é uma síndrome que se caracteriza pela pela ruptura das células musculares durante a prática de atividades físicas extenuantes. Ocorre que quando a pessoa estiver desidratada ou em privação de água associado ao calor extremo os rins podem parar de funcionar levando à morte. Os militares são a principal população afetada pela Rabdomiólise.

Dentre os militares levados a óbito, internados ou evacuados das instruções voltadas para o treinamento em combate, um percentual significativo nos últimos 10 anos foi causado pela Rabdomiólise. É sabido que a atividade militar voltada para o treinamento em combate exige condicionamento físico e adestramentos periódicos. Nesse processo de superação individual que envolve transposição de obstáculos e exercícios intensos é essencial que haja hidratação permanente e a ingestão de suplementos alimentares seja orientada por profissionais qualificados (médicos ou nutricionistas), além, é claro, de eliminar o consumo de álcool ou drogas. Os treinamentos militares, particularmente cursos de combate, conduzidos em países na região tropical requerem cuidados especiais na observação da temperatura, possibilidades de hidratação dos instruendos, e, nos casos mais críticos de atividades extremas, elaboração de um eficaz plano de evacuação em UTI móvel motorizada ou aeromóvel.

Vários fatores podem elevar o risco de acidente térmico em altas temperaturas, dentre eles destacam-se:

– Idade acima de 40 anos;

– Existência de histórico de acidentes térmicos anteriores;

– Problemas cutâneos que prejudiquem a sudorese como, queimaduras ou brotoejas;

– Ingestão de álcool em menos de 24 horas da atividade;

– Uso de suplementos com alimentares sem orientação médica;

– Uso de medicamentos e/ou suplementos (antialérgicos, antigripais, comprimidos com ephedra, etc…);

–  Obesidade ou sobrepeso ;

– Problemas de saúde como diarreia, viroses, vômitos, náuseas;

– Preparo físico deficiente;

– Estar submetido por 2 ou 3 dias a altas temperaturas, atividade física intensa, privação de sono, de água e de repouso;

– Falta de aclimatação ao calor, principalmente na região amazônica (menos de 10 a 14 dias de atividades na área).

Fatores traumáticos também podem levar à Rabdomiólise como: Esmagamento, pessoa poli-traumatizada ou imobilização prolongada.

Dentre os principais sinais e sintomas clínicos destacam-se:

– Dores musculares (intensidade variável);

– Urina escura (mioglobinúria);

– Elevação de enzimas musculares (CK);

– Edema muscular (inchaço);

– Fraqueza muscular (casos avançados);

– Confusão mental (IRA)

 Dentre as formas de tratamento, a principal e mais simples é a hidratação vigorosa.

Assim sendo, é importante que os instrutores estejam devidamente ambientados com o problema e que as condições de treinamento sejam planejadas com métodos científicos e prevejam a existência de meios para identificar e controlar os problemas o mais rápido possível; por outro lado, os instruendos precisam ser esclarecidos dos riscos acima citados visando restringir a possibilidade de incidência da síndrome.

, , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Base Aérea de Santa Cruz abre suas portas em evento festivo

“Portões Abertos 2015” do Museu Aeroespacial

Voando com o Esquadrão Adelphi




©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.