• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Força Aérea

Oficiais das Nações Amigas, alunos da ECEMAR, conhecem Organizações de Ensino da FAB

Por   

Cpea EEAR

Os Oficiais de Nações Amigas (ONA) representantes da Argentina, El Salvador, Estados Unidos, Guatemala, Panamá, Paraguai, República Dominicana e Venezuela realizaram, no período de 13 a 16 de maio, a primeira Viagem de Estudos de 2014.

Eles são Oficiais-Alunos do Curso de Comando e Estado-Maior (CCEM) da Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).

A viagem de estudos, prevista no Plano de Unidades Didáticas (PUD 2014), tem o objetivo de proporcionar aos ONA o conhecimento das Organizações de Ensino do Comando da Aeronáutica (COMAER) e de identificar as características institucionais e as atividades desenvolvidas nessas Organizações.

Cpea EEAR2

Além disso, foi uma oportunidade para que os Oficiais tivessem contato com aspectos culturais e da história brasileira, fora do estado do Rio de Janeiro.

O ponto inicial da viagem foi a Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá, onde após a recepção da Comitiva pelo Comandante, Brigadeiro do Ar Mauro Martins Machado, foi realizada a visita aos diversos Pavilhões de Ensino da escola e ao “ESM-Escola” da especialidade de Mecânico de Aeronaves.

Em seguida, os Oficiais-Alunos conheceram o Instituto de Pesquisas e Ensaios em Voo (IPEV), no Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), em São José dos Campos (SP).

Cpea IPEV

Os visitantes participaram da palestra do Vice-Diretor do IPEV, Tenente-Coronel Aviador Sílvio Lúcio Cunha Bastos, que destacou a importância da realização dos ensaios em voo para que o Poder Aeroespacial Brasileiro esteja cada vez mais seguro e fortalecido.

Já em Pirassununga (SP), na Academia da Força Aérea (AFA), a Comitiva foi recebida pelo Comandante, Brigadeiro do Ar Carlos Eduardo da Costa Almeida. Eles conheceram a AFA e foram apresentados ao Comandante do Corpo de Cadetes, Coronel Aviador Cláudio Evangelista Cardoso, que explicou para a audiência que aquela Instituição não procura formar simplesmente o Militar Aviador, Intendente ou Infante, mas sim formar os futuros líderes que conduzirão os processos e atividades do Comando da Aeronáutica.

Os Oficiais de Nações Amigas tiveram ainda a oportunidade de conhecer o 1º Esquadrão de Instrução Aérea (1º EIA) e a Fazenda de Aeronáutica de Pirassununga.

Cpea AFA

Na visita ao Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), em Belo Horizonte (MG), a Comitiva foi recebida pelo Comandante da organização, Brigadeiro do Ar Robson Grandelle.

Em seguida, os alunos participaram da exposição do Comandante do Corpo de Alunos, Tenente-Coronel Aviador Luiz Guilherme da Silva Magarão, que, em sua apresentação, destacou a importância do CIAAR para a formação e adaptação dos Oficiais, visando atender aos Quadros de Apoio, Temporário, Médico, Dentista, Farmacêutico, Engenharia e Oficiais Especialistas da Aeronáutica.

Finalizando a viagem de estudos, os Oficiais-Alunos conheceram a Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR), em Barbacena (MG), onde foram recebidos pelo Comandante, Brigadeiro do Ar Celestino Todesco, que abordou, em sua apresentação, a importância histórica da escola, os primeiros valores apresentados aos potenciais Cadetes da AFA e os números estatísticos que representam o grau da formação intelectual e situam a EPCAR como 6ª colocada no ranking 2012, das Escolas Federais do ENEM.

Cpea EEAR3

A comitiva foi chefiada pelo Oficial-Instrutor da ECEMAR, Coronel de Infantaria R1 João Rafael Mallorca Natal, e coordenada pelo Tenente-Coronel Especialista em Aviação Antonio Rodrigues da Silva.

Para eles, o objetivo da viagem foi alcançado e os Oficiais-Alunos puderam conhecer os valores cultuados na rotina acadêmica e das atividades desenvolvidas para a formação dos militares do Comando da Aeronáutica

, , , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Temporada hípica da EsEqEx

Dia do Exército – 1ª DE

Campeonato de salto do Exército Brasileiro

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.