• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
História

Vídeo de 41 anos mostra um duelo entre um F 4 Phantom israelense e um Mig 17 egípcio durante a guerra de Yom Kippur

Por Anderson Gabino      |     10/10/2014 às 18:27

Mig-17-downed

Um vídeo que faz parte do documentário “Israel: um filme caseiro”, filmado por Moshe Shargal o qual recorda o dia durante o ano de 1973 que ele, juntamente com seus amigos presenciaram um duelo entre um F-4 Phantom Kurnass (Marreta Fantasma) da Força Aérea israelense (IAF) e um Mig-17 da Força Aérea Egípcia sobre a praia de Ras Muhammad, no extremo sul da Península do Sinai com vista para o Golfo de Suez um território capturado por Israel na Guerra dos Seis Dias em 1967.

O dia era 06 de outubro de 1973 extamente o dia em que as hostilidades começaram. De repente um grupo de amigos israelenses que estavam celebrando o Yom Kippur o dia mais sagrado do judaísmo, nos territórios ocupados por Israel, avistaram caças Mig 17 sobre Israel.

Vinte minutos depois eles avistaram um Mig-17 novamente, seguido por um Phantom que disparou um míssil ar-ar e que abateu o avião egípcio. Apesar da má qualidade da filmagem, por ser tratar de uma vídeo com 41 anos de existencia, ele é um documento impressionante de uma das vitórias aéreas israelenses durante a Guerra do Yom Kippur .

Em 1973 a força aérea israelense (IAF) viu-se diante de uma coalizão de Forças Aéreas Árabes Unidas, e que foi composta em sua maioria por esquadrões de caça egípcios e sírios, mas também tinham unidades da Argélia, Iraque, Líbia e … Coreia do Norte, que implantou um esquadrão de MiG-21 em Bir Arida para proteger o sul do Egito. clique aqui e assista o vídeo.

FONTE: The Aviationist

, , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Base Aérea de Santa Cruz abre suas portas em evento festivo

“Portões Abertos 2015” do Museu Aeroespacial

Voando com o Esquadrão Adelphi




©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.