• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Internacional

Dois A330 MRTT da RSAF, fizeram parte da logística de translado de 8 F15 para o Exercício Red Falg

Por Anderson Gabino      |     11/06/2014 às 10:15

2  a330 mrtt

A Real Força Aérea Saudita (RSAF) se fez presente no exercício aéreo Red Flag com oito caças F-15, mas isso só foi possível graças as suas duas aeronaves A330 MRTT de reabastecimento (Multi Role Tanker Transport) que foram utilizadas, para que a autonomia dos caças fossem extendida.

Os Dois A330 MTT fizeram o translado de ida para os EUA e o retorno de volta a Arábia Saudita.

A logistica feita foi, um A330 MRTT ficou na base Aérea Espanhola de Morón de la Frontera, em Sevilha, e uma segunda aeronave na base dos EUA em McGuire.

Foi uma viagem de quase 16.000 km. divididos em três seções para o reabastecimento, conforme o ajuste da RSAF.

Depois de três semanas de treinamento, a mesma manobra foi realizada para o retorno dos caças ao seu país de origem.

f15 RSAF

Esta implementação demonstrou a capacidade dos A330 MRTT da Airbus Military em missões de longa distância, tendo sido necessário a realização de algumas manobras de reabastecimento no meio do Oceano Atlântico com condições meteorológicas difíceis.

Os exercícios Red Flag são organizados pela Força Aérea dos Estados Unidos e envolvem aeronaves de suas prórpias forças e de outros países convidados, os quais praticam o combate ar-ar intensivo.

Os exercícios são concentrados na Base Aérea de Nellis, localizada no estado de Nevada, perto da cidade de Las Vegas. Até agora este ano já ocorreram dois exercícios Red Flag, um de 27 de janeiro à 14 de fevereiro e outro entre os dias 3 à 14 de março.

, , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Base Aérea de Santa Cruz abre suas portas em evento festivo

“Portões Abertos 2015” do Museu Aeroespacial

Voando com o Esquadrão Adelphi




©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.