• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Internacional

IAI testa Boeing 767-300ER com o Sistema de reabastecimento em vôo Fly-by-wire

Por Anderson Gabino      |     11/09/2014 às 10:02

b767_mmtt

A Israel Aerospace Industries (IAI) testou recentemente um novo sistema de reabastecimento em voo equipado com fly-by-wire (FBW, comandos assistidos por computador) num Boeing 767-300ER. A IAI possui larga experiência na conversão de aeronaves para cumprir as missões de transporte estratégico, tático e de reabastecimento em voo, principalmente com os modelos B-767, B-707 e Ilyushin Il-78.

Os trabalhos de modificações nas aeronaves realizado pela empresa inclui a instalação de sistemas de guerra eletrônica e contramedidas eletrônicas, novas turbinas, painel equipado com telas multifuncionais coloridas de cristal líquido, aviônicos militares e reforços estruturais com a inclusão de uma porta de cargas frontal do lado esquerdo.

boeingkc767acutaway

Segundo a IAI, a conversão de aeronaves usadas civis em plataformas de transporte e reabastecimento em voo apresenta excelente custo-benefício, tendo em vista que o seu emprego pelos operadores militares será bem menor se comparado as companhias aéreas comerciais. Com isso é possível manter um exemplar em perfeitas condições de voo por vários anos com baixo custo de operação e aquisição se comparado a um exemplar novo.

O B-767-300ER oferecido pela IAI permite que a aeronave decole com peso máximo de 181 toneladas. Deste total, metade pode ser usada para transportar combustível para o reabastecimento em voo de outras aeronaves, transporte de tropas ou cargas. Outra opção no qual a IAI oferecer é o ?Smart tanker?, que poderá cumprir missões de inteligência e comunicação eletrônica, comando, controle e vigilância eletrônica.

FONTE : ASAS

, ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Base Aérea de Santa Cruz abre suas portas em evento festivo

“Portões Abertos 2015” do Museu Aeroespacial

Voando com o Esquadrão Adelphi




©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.