• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Internacional

Índia desenvolveu o seu próprio Sistema AEW&C usando como plataforma o Embraer EMB-145I

Por Anderson Gabino      |     04/09/2014 às 9:24

emWkx7F

A Índia desenvolveu o seu próprio Sistema Aéreo de Alerta Antecipado e Controle (Airborne Early Warning & Control-AEW&C). Como plataforma voadora para o radar de produção indiana foi usado um avião brasileiro Embraer EMB-145I modificado. Até o final deste ano, a Força Aérea da Índia vai receber o primeiro desses aviões AEW&C. Dois “radares voadores” agora estão terminando testes de voo.

Os novos aviões serão uma boa adição aos existentes aviões de alerta e controle AWACS (Airborne Warning and Control System) da Força Aérea indiana baseados no avião russo Il-76, diz o colunista da Revista Militar Independente, Vladimir Scherbakov: “De nome eles são iguais. Mas, em termos relativos, o Il-76 serve para reconhecimento de longo alcance, estratégico. E o modelo baseado no avião brasileiro atende melhor aos objetivos de inteligência tática. O pesado Il-76 tem sérias limitações de baseamento: por exemplo, ele precisa de uma pista de decolagem longa. Mas o avião brasileiro é menor e seus requisitos de comprimento de pista são mais modestos”.

AEW3-754271

Uma característica importante dos novos aviões AEW&C é que eles são um projeto conjunto indo-brasileiro. Os aviões AWACS em serviço da Força Aérea indiana são Il-76 russos equipados com radares israelenses EL/M-2075 Phalcon. Enquanto que na plataforma voadora Embraer está montada uma antena indiana de varredura eletrônica ativa (Active Electronic Scanning Antenna-AESA) e outras componentes importantes do sistema de detecção antecipada e controle.

Este equipamento foi desenvolvido por cientistas do Centro de Sistemas de Aviação (Centre for Airborne Systems-CABS) da Organização indiana de Pesquisa e Desenvolvimento de Defesa (Defence Research and Development Organisation).

EMB 145 I.2

“O governo indiano dá grande atenção ao programa”, diz Vladimir Scherbakov. “Aqui, grande parte do trabalho em sistemas de rádio, que são justamente o próprio radar, bem como em outros sistemas, são efetuados por empresas indianas”. Isso permite dar trabalho à indústria nacional e aumentar o seu nível tecnológico.

Na opinião de peritos, os aviões AEW&C de produção conjunta da Índia e do Brasil têm boas perspectivas. Segundo o jornal indiano New Indian Express, os produtores dos dois países já estão negociando a possibilidade de exportar suas máquinas para a América Latina.

EMB

, , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Base Aérea de Santa Cruz abre suas portas em evento festivo

“Portões Abertos 2015” do Museu Aeroespacial

Voando com o Esquadrão Adelphi




©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.