• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Internacional

O futuro é agora : Pentágono estuda novos veículos blindados mais leves e mais ágeis

Por Anderson Gabino      |     08/09/2014 às 14:49

darpa-20140907

Desde quando os primeiros veículos Blindados (tanques) surgiram no campo de batalha durante a Primeira Guerra Mundial, sempre houve a necessidade de reforçar a sua blindagem para melhorar a proteção de suas tripulações. E essa equação é verdadeira para todos os veículos blindados até nossos dias atuais.

Assim, para combater as ameaças representadas por dispositivos explosivos improvisados ​​(IEDs) no Iraque e no Afeganistão, o Pentágono havia adquirido alguns veículos MRAP ( Mine Resistant Ambush Protected), com uma blindagem adicional e uma estrutura especial para desviar as explosões oriundas de uma mina. Resultado, a taxa de perda para as tripulações utilizando MRAP foi de 6%, contra 22% para os que utiliza os Humvee.

Além disso, as armas anti-tanque continuam a crescer, e a aplicação de uma simples idéia de se colocar uma blindagem mais resistente em um veículo contribuiu nas suas capacidades de sobrevivência. Mas adicionar uma blindagem, significa mais peso blindado, o que acaba por limitar a velocidade de implementação e mobilidade, e isso sem contar com o aumento dos custos, seja de produção ou manutenção.

Pensando nestas situações o Pentágono e especialmente a Darpa (Agência de pesquisa e desenvolvimento), que a tempos já vem desenvolvendo tecnologias inovadoras na área de blindagens, buscam uma solução que possa ser mais leve, mais ágil e continue a ter a mesma  proteção para as suas tripulações.

Para isso, a Darpa lançou o programa GXV-T ( Ground X-Vehicle Technology), que se faz utilizar de muitas inovações na indústria aeronáutica para identificar tecnologias que vai quebrar paradigmas sobre (Maior Blindagem = Maio Proteção) o desenvolvimentos de novos veículos mais ágeis, assegurando uma maior sobrevivência de suas tripulações.

“Temos a intenção de prosseguir com esta pesquisas e o desenvolvimento fundamental para que os futuros carros de combate blindados sejam muito mais ágeis, eficientes, seguros e acessíveis,”  disse Kevin Massey, diretor do programa da DARPA .

O objectivo do programa é a redução do tamanho e do peso de um veículo blindado em 50%, e aumentar a sua velocidade em 100% e a sua agilidade em todos os tipos de terreno em 95%. Além disso, a Darpa também está prestes a fazer o blindado “stealth”, diminuindo a sua assinaturas ópticas,  de infravermelho, acústico e eletromagnético.

Clique e assista o vídeo sobre o GXV-T.

FONTE : Opex360

, ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Base Aérea de Santa Cruz abre suas portas em evento festivo

“Portões Abertos 2015” do Museu Aeroespacial

Voando com o Esquadrão Adelphi




©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.