• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Internacional

Panamá suspende um contrato por radares Selex avaliado em 120 milhões de dólares

Por Anderson Gabino      |     13/08/2014 às 9:47

 

atc33s

De acordo como texto do comunicado emitido pela Presidência do Panamá na sequência da decisão adotada no dia 6 de agosto, em Conselho de Ministros, “o Governo da República do Panamá, em seu objetivo de proteger os interesses do Estado panamenho decidiu suspender o projeto de radares Selex iniciado pelo conglomerado Finmeccanica devido a “deficiências graves no desempenho do equipamento instalado”, em referência sete radares já instalados no país, recebidos durante a administração anterior.

De acordo com o ministro da Segurança Rodolfo Aguilera, “O Panamá comprou um sistema com determinadas características e o que está sendo instalado até agora não fornece os benefícios exigidos pelo contrato”, relatou o ministro.

Segundo informou a mídia local os mesmos teria sido pago em tempo hábil e, no entanto a suspensão atual do projeto impede ao contratante apresentar novas contas a receber de parte do Estado.

SELEX-ATC

Além disso, o governo da República do Panamá já designou um equipe de advogados especializados para iniciar processos legais no Panamá e na Itália.

Os informes técnicos relatam problemas de alcance dos radares , não cumprindo o alcance comprometido no contrato assinado com a firma italiana . Precisamente essa limitação impede que as forças de segurança do país possam fazer uma utilização eficaz na luta contra o narcotráfico e o crime organizado.

Através do Ministério de Segurança, o Executivo panamenho exigirá de a empresa habilitar os sete radares Selex que foram instalados até o momento, e sejam realizados testes para demonstrar se as deficiências no alcance acordado dos radares pode ser corrigida, ou, caso contrário, a instalação de novos equipamentos é necessária.

Radar Selex

O Governo anunciou também que, através de seu Ministério das Relações Exteriores estão iniciado ações diplomáticas acreditadas junto ao Governo da República Italiana, com o objetivo de que o mesmo venha a intervir para que a empresa de conformidade com as especificações técnicas acordadas no contrato, origem de cuja assinatura foi um Memorando de Entendimento Mútuo entre o Panamá e a Itália.

, , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Base Aérea de Santa Cruz abre suas portas em evento festivo

“Portões Abertos 2015” do Museu Aeroespacial

Voando com o Esquadrão Adelphi




©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.