• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Marinha

Navios do Comando da Flotilha do Amazonas suspendem para a Operação “BRACOLPER 2014”

Por Anderson Gabino      |     17/07/2014 às 7:02

CMG Blum

No dia 10 de julho, os navios subordinados ao Comando da Flotilha do Amazonas (ComFlotAM), sob o comando do Capitão-de-Mar-e-Guerra Ednaldo Blum de Oliveira Santos, suspenderam do Cais da Estação Naval do Rio Negro, em Manaus, para  realizar a Operação “BRACOLPER 2014”.

Navio patrulha Roraima

A Operação acontece há 40 anos e tem o propósito de incrementar o nível de treinamento, interoperabilidade e integração das unidades fluviais e aeronavais do Brasil, da Colômbia e do Peru, estabelecendo uma frente unida e fortalecida na luta contra os crimes e as novas ameaças transnacionais, que se desenvolvem nas áreas comuns da tríplice fronteira. Permite, ainda, o estreitamento dos laços de amizade e fraternidade entre os três países.

Navio patrulha Raposo Tavares

A Operação está dividida em três fases: a primeira desenvolve-se com a navegação desde os portos de Letícia, na Colômbia, e Tabatinga, no Brasil, até o porto de Iquitos, no Peru; a segunda, do porto de Iquitos até os portos de Letícia e Tabatinga; e a terceira, desde a Tríplice Fronteira até o porto de Manaus, retornando aos portos de Letícia e Tabatinga.

ComFlotAM

Neste ano, a Flotilha do Amazonas empregou os seguintes navios: Navio-Patrulha Fluvial “Raposo Tavares” e “Roraima”; e o Navio de Assistência Hospitalar “Carlos Chagas”;  bem como uma aeronave embarcada que, a partir do dia 24 de julho, executará exercícios navais conjuntos/combinados nas águas dos Rios Solimões e Amazonas, abrangendo a região amazônica dos três países.

U19

, ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Base Aérea de Santa Cruz abre suas portas em evento festivo

“Portões Abertos 2015” do Museu Aeroespacial

Voando com o Esquadrão Adelphi




©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.