• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Marinha

Rebocador de Alto-Mar “Tridente” realiza exercício de reboque com o Submarino “Timbira”

Por Anderson Gabino      |     31/07/2014 às 21:25

Militares do RbAM “Tridente” utilizando EPI-NBQR durante a faina de reboque

Nos dias 11 e 15 de julho, o Rebocador de Alto-Mar (RbAM) “Tridente” realizou exercícios de reboque, com o Submarino “Timbira”, da classe “Tupi”, na Baía de Guanabara, com o propósito de preparar o meio para  cumprir as tarefas decorrentes da Carta de Instrução ESPADARTE-II, por ocasião da visita de Submarinos Nucleares da França, Reino Unido e Estados Unidos da América recebidos durante as comemorações do Centenário da Força de Submarinos.

O exercício contou com a assessoria da Divisão de Socorro e Salvamento do Centro de Adestramento Almirante Marques de Leão (CAAML) para a condução do exercício, uma vez que seria utilizado um método inédito de reboque para essa classe de submarinos, incluindo o reboque com o uso de EPI-NBQR (Equipamento de Proteção individual – NBQR).

T057-f17

Apoiado também pelo Núcleo de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (NBQR) do CAAML, a tripulação teve instruções sobre o EPI-NBQR e, também, foi instruída quanto a dificuldade do uso do equipamento, associado aos procedimentos das fainas marinheiras exigidas pela faina de reboque propriamente dita.

A realização deste exercício conjunto é um marco para a possível mudança de doutrina no que tange à faina de reboque de submarinos na Marinha do Brasil (MB). O método utilizado foi inédito e, possivelmente, poderá vir a ser incluído no Manual de Socorro e Salvamento da MB – CAAML 1211.

, , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Base Aérea de Santa Cruz abre suas portas em evento festivo

“Portões Abertos 2015” do Museu Aeroespacial

Voando com o Esquadrão Adelphi




©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.