• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Mercado & Indústria

Depois do A-Darter, Brasil e África do Sul podem produzir um novo míssil de longo alcance

Por Anderson Gabino      |     20/05/2014 às 11:28

A-Darter

Poucos meses após o lançamento da linha de montagem do míssil ar-ar A-Darter, que tem previsão que ocorra no início do próximo ano, a Denel Dynamics, quer trabalhar com o Brasil para o desenvolvimento de novos mísseis, o qual pode vir a ser o míssil ar-ar guiado por radar, Marlin, cujo alcance é estimado em 100 milhas (+/- 160,93 km).

O A-Darter que já se encontra em estágio final de desenvolvimento, com a produção  em série devendo começar em 2015 e os primeiros mísseis devem estar em serviço em 2016.

Denel-Marlin-2

Os testes de integração já foram feitos em aeronaves Gripen C / D da Força Aérea Sul-Africano ( SAAF), o que deve acelerar a integração da arma no futuro Gripen NG no Brasil, que serão entregues a partir de 2018.

sam_umkhonto-ir_scenario

Da mesma forma, a Marinha do Brasil estaria interessado no míssil Umkhonto IR . também produzido localmente pela Denel Dynamics , para no caso os incorporar as suas fragatas.

, ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Base Aérea de Santa Cruz abre suas portas em evento festivo

“Portões Abertos 2015” do Museu Aeroespacial

Voando com o Esquadrão Adelphi




©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.