• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Segurança Pública

Força Nacional e Exército vão para PE

Por Anderson Gabino      |     15/05/2014 às 12:33

Exercito PE

O governo de Pernambuco solicitou o apoio da Força Nacional de Segurança Pública e autorizou o emprego das Forças Armadas para garantir a lei e a ordem no Estado, diante da decisão dos bombeiros e policiais militares de manterem greve por tempo indeterminado.

Ontem, o clima de insegurança emedo se instalou na Região Metropolitana do Recife, diante de boatos, da ocorrência de saques e da promessa de assaltos por meio de redes sociais.

A previsão é de que ainda na madrugada desta quinta-feira chegassem ao Estado os soldados da Força Nacional. Tropas do Exército também eram esperadas pela manhã.

Em nota, o governo informou ter pedido a ilegalidade e abusividade da greve ao Tribunal de Justiça de Pernambuco. Solicitação semelhante foi enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com a coordenação do movimento, bombeiros e policiais permanecem nos quartéis do Estado e se encontram suspensas as rondas ostensivas, os atendimentos aos chamados feitos pela central telefônica 190 e o apoio a qualquer operação da Secretaria de Defesa Social – incluindo as ações contra o tráfico.

Força Nacional (1)ttt

Ontem, houve negociações fracassadas entre a comissão de greve e o governo. De acordo com a assessoria de imprensa do Estado, a administração foi surpreendida com a decisão da categoria de manter a greve, uma vez que, das quatro reivindicações principais, três já foram acordadas e uma delas – o pedido de reajuste de 50% – nem sequer poderia ser cogitada por ferir a legislação eleitoral.

Aulas canceladas. Durante todo o dia, o clima no Estado foi de tensão. Muitos boatos sobre saques, arrastões e outros supostos crimes tomaram conta das redes sociais e causaram o cancelamento de aulas em instituições públicas e privadas e o fechamento de parte do comércio local.

Na internet é grande o número de pessoas que postam fotos de viaturas paradas nos quartéis e de postos de policiamento sem efetivo. Boatos sobre arrastões têm sido recorrentes, especialmente entre jovens.

Houve pelo menos um caso confirmado de saque, no município de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, com a prisão de aproximadamente dez pessoas. Durante a ação dos vândalos, um ônibus foi destruído e diversas lojas e caminhões de carga também foram saqueados.

,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Base Aérea de Santa Cruz abre suas portas em evento festivo

“Portões Abertos 2015” do Museu Aeroespacial

Voando com o Esquadrão Adelphi




©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.