• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Segurança Pública

Polícia Federal utilizará meios optrônicos na Copa

Por Anderson Gabino      |     12/06/2014 às 10:23

policia-federal-pi1

O Departamento de Polícia Federal irá utilizar equipamentos optrônicos portáteis para assegurar a segurança do entorno dos estádios e o acompanhamento das delegações oficiais.

Esses equipamentos de alta tecnologia têm capacidade de gravar e transmitir imagens a um Centro de Comando e Controle. Essa mesma tecnologia já é empregada nas grandes organizações de Segurança Pública e Defesa do Mundo.

Um das soluções é o JIM LR da Sagem Optovac (Grupo Safran), binóculo multifuncional de longo alcance(integrado a telêmetro, visão diurna, visão termal, bússola digital, GPS, processamento de imagem e designador de alvo).

JIM-LR

Ele é capaz de detectar uma pessoa a aproximadamente 5,8 Km, reconhecer a 2 km e identificar a 1 km e, independente da luz do dia,  permite “acompanhar o alvo” com precisão. Isso garante o monitoramento de ações veladas, operações táticas e aéreas e em caso de crise, auxiliar no disparo de precisão, tudo integrado a uma central de comando e controle.

Além da Polícia Federal, a Aviação do Exército também utilizará a tecnologia em quatro aeronaves EC 725, equipadas com sistemas que ajudarão garantir a segurança durante a Copa do Mundo.

EC725-EB-uni11_FChrist

O fabricante já possui diversos equipamentos no Brasil disponíveis para testes e homologações, uma linha de montagem pronta e funcional (com pessoal treinado) e deverá participar de licitações em andamento nas três forças armadas e órgãos federais de segurança pública.

FONTE : Abimde

, , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Base Aérea de Santa Cruz abre suas portas em evento festivo

“Portões Abertos 2015” do Museu Aeroespacial

Voando com o Esquadrão Adelphi




©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.