• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Exército

EsEqEx comemora 96 anos com temporada hípica

Por   Rafael Sayão

Nos dias 27, 28 e 29 de abril de 2018, a Escola de Equitação do Exército realizou sua tradicional temporada hípica. O vento que faz parte das celebrações dos 96 anos da EsEqEx, foi marcado pela participação de equipes civis e militares. Além de assistir as provas os visitantes puderam desfrutar de uma variada praça de foodtrucks e artesanato.

Conjuntos da EsEqEx, Regimento Andrade Neves, AMAN, ESA, Colégio Militar do Rio de Janeiro, Centro Hípico do Rio de Janeiro, Hípica de Barbacena, Círculo Militar de Polo, dentre outras entidades civis e militares participaram do evento que reuniu 272 conjuntos. A atividade serviu também para a instrução para os alunos do Curso de Instrutor de Equitação 2018, que aturam como organizadores do evento, júris de campo, armadores percursos  e cavaleiros.

Na Preliminar aberta 1,10m x 1,30m, vitória de Marcelo Lemos, do Haras Coliseu, montando Quinara. Na prova Intermediária aberta 1,20m x 1,40m, o grande campeão foi o Cel Marcus Couto, do Regimento Andrade Neves, montando Alstublieft Cooper.  O campeão da principal aberta 1,30m – 1,50m foi Ricardo Coelho Junior, da Manége Família Coelho, montando MFC Ips de Lannois. Na prova CN 4 anos 1,0m X 1,20m  o campeão foi Francisco Arruda, da FCC, montando Cayanno J Men. Já na Cn 5 anos 1,10m – 1,30m, mais uma vitória do RAN, com o 3° Sgt Thinnes montando Tieta do Rincão.  Na prova CAD/AL 1,0m x 1,20m o campeão foi o Cadete Pronin Barros, da AMAN, montando Malbec do Rincão. Na prova com maior número de competidores, a prova extra Cad/Al e CN 4 anos 1,0m – 1,20m, o campeão foi o Sr. Caiuo Freitas, montando Nixo do Rincão e garantindo mais uma vitória para o 2° Regimento de Cavalaria de Guarda.

A Escola de Equitação do Exército (EsEqEx)  foi criada em 1922, após o sucesso  da equipe brasileira no Concurso Hípico Internacional “Centenário da Independência”. Logo após a Segunda Guerra  as atividades foram retomadas em 1946, nas dependências do Departamento de Equitação e de Educação Física da Escola Militar do Realengo.  Em 1954 a escola recebeu sua denominação atual e, a partir de 1995, passou a ocupar parte das instalações do Regimento Escola de Cavalaria (REsC). Desde 2005, a escola encontra-se ao pé Morro Capristano, onde funcionava o antigo 21º Batalhão Logístico.

Subordinada ao Departamento de Educação e Cultura do Exército é considerada um estabelecimento de ensino de vanguarda da arte eqüestre. Além de realizar e apoiar pesquisas científicas para o Exército, a EsEqEx leva a arte eqüestre desde o seu berço até os dias atuais, para milhares de pessoas que se interessam pela interação entre o cavalo e o cavaleiro.  Em 2016, a EsEqEx sediou e conduziu com destaque  e padrão internacional as competições hípicas dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

A equipe da revista Operacional agradece ao TC Cav Rinaldo Marques Nunes pelo profissionalismo e amizade que sempre nos são ofertados na EsEqEx.

“IN HOC SIGNO VINCES”

 

, , , , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Temporada hípica da EsEqEx

Dia do Exército – 1ª DE

Campeonato de salto do Exército Brasileiro

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.