• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
História

Grupo de história militar emociona o Brasil com homenagem a crianças italianas

Por   Redação

Quem esteve atento as redes sociais nos últimos dias, com certeza recebeu e se emocionou com o vídeo de crianças brasileiras cantando o hino italiano, trajando uniformes da Força Expedicionária Brasileira e roupas típicas italianas. As cenas foram gravadas pelo Grupo de Pesquisa de História Militar Duque de Caxias no último 18 de abri, na sede da escola Itália no bairro de Rocha Miranda. Fomos atrás deste grupo para conhecer seu trabalho, propostas e o que inspirou a realização desta homenagem.

Criado no Rio de Janeiro, em agosto de 2017, o Grupo de Pesquisa de História Militar Duque de Caxias (GPHMDC) tem por objetivo atuar na preservação e divulgação da história militar brasileira para a sociedade, tirando o tema do ambiente acadêmico e o disseminando junto à população. Coordenado pelos pesquisadores Ten Cel PM Luis Mariano, Maj PM Edson Carneiro, Klaudio Rueles, e Rafael Sayão, o grupo é composto por professores universitários, historiadores, militares, profissionais liberais e entusiastas. O grupo possui diversas linhas de pesquisa em história militar, além de um destacamento de viaturas militares antigas e um destacamento de reencenadores históricos. Além disso, o grupo atua no desenvolvimento e organização de eventos que levem a população o conhecimento do passado e o entendimento e valorização do presente.

Foi através de uma das linhas de pesquisa trabalhadas por membros do GPHMDC, que se chegou a um bairro da zona norte do Rio de Janeiro, com IDH de 0,815 e conhecido pela boemia tradicional da região: Rocha Miranda. Um bairro com fortes relações com a participação brasileira na Segunda Guerra Mundial. Achou confusa a relação?

Pois bem, o bairro de classe média com aproximadamente 45 mil habitantes, mantém viva a história da participação Brasileira na Segunda Guerra Mundial através de nomes de ruas, praças, escolas e personalidades. O melhor exemplo para ilustrar esta relação é a praça 8 de maio, que carrega em seu nome a data internacional da vitória aliada no conflito e onde existe um belo obelisco muito semelhante ao encontrado na cidade de Pistóia, local que já foi o cemitério da FEB em território italiano e onde hoje se encontra o Monumento Votivo Militare Brasiliano. Também no bairro é possível encontrar um monumento com a letra V de vitória, habitualmente vandalizado e sempre restaurado por algum entusiasta da participação brasileira na guerra. A relação do bairro com a campanha brasileira na guerra não para por ai. Lá também encontramos as escolas de Itália, Fornovo, Monte Castelo, Pio XII, Osvaldo Aranha e o hospital Carmela Dutra. Foi baseada nesta intensa relação que o simpático bairro passou a ser conhecido como: “Rocha Miranda, um pedacinho da Itália no Rio de Janeiro”.

Inspirado por esta relação, o grupo de Pesquisa de História Militar Duque de Caxias, resolveu mergulhar nesta história através do projeto “8 de maio”. Entre os vários projetos desenvolvidos pelo GPHMDC, o projeto “8 de maio” visa explorar, conhecer e registrar toda esta relação do bairro de Rocha Miranda com a Força Expedicionária Brasileira e sua gloriosa campanha na Itália durante a Segunda Guerra Mundial, preservando esta história e, principalmente, levando-a ao maior número de pessoas através de inúmeras ações no bairro.

A inspiração do Grupo de Pesquisa de História Militar Duque de Caxias em produzir o vídeo, como forma de retribuir o carinho dos jovens italianos, veio após a circulação do vídeo onde crianças italianas da cidade de Montese agradecem aos serviços da FEB na Itália cantando a “canção do expedicionário” e carregando bandeiras do Brasil. Em coordenação com a direção da Escola Municipal Itália e com o cônsul da Itália no Brasil, Sr. Giuseppe Sérgio, uma equipe do GPHMDC organizou um grande coral com os estudantes desta escola municipal. Cantando em italiano, trajando uniformes da FEB e roupas típicas italianas, os estudantes entoaram o hino italiano emocionando a todos os presentes. O vídeo oficial gravado pelo grupo será enviado às crianças de Montese através do historiador italiano Giovanni Sulla e do diretor do Monumento Votivo Militare Brasiliano, Mario Pereia.

Assista ao vídeo produzido pelo GPHMDC e emocione-se também!

, , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Temporada hípica da EsEqEx

Dia do Exército – 1ª DE

Campeonato de salto do Exército Brasileiro

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.