• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Internacional

Ataque ao Aeroporto de Karachi, deixa um saldo de 20 mortos

Por   

karachi-terminal-00138

O aeroporto internacional de Karachi, um dos mais movimentados do país se transformou em um campo de batalha, após um ataque de militantes armados o Exército conseguiu retomar o controle da base aérea, foram cerca de seis horas de confronto.

Pakistan

Até o final da madrugada, estavam confirmadas 20 mortes, sendo 10 rebeldes, seis membros das segurança e três funcionários da companhia Pakistan International Airlines. Um suicida detonou os explosivos que estavam em seu corpo na frente de um carro blindado, ferindo gravemente as pessoas que estavam dentro do veículo.

article-2652193-1E962AF300000578-346_964x523

Abid Qaimkhani, funcionário da autoridade de aviação civil, confirmou a suspensão de todos os voos, duas fortes explosões foram ouvidas durante o ataque, o que produziu uma espessa coluna de fumaça.

Um oficial do Exército informou que “quatro ou cinco terroristas conseguiram chegar às pistas do aeroporto”. Nenhum grupo extremista, no entanto, reivindicou o ataque.

Ataque ao Aeroporto de Karachi

O diretor-geral do Comitê de Ligação entre a Polícia e o Cidadão, Ahmad Chinoy, disse que os confrontos começaram no fim da noite (hora local), após o grupo, armado com munição e granadas, ter invadido o aeroporto.

A violência irrompeu em uma área de carga e continuou no início da madrugada. Uma aeronave cargueira foi danificada durante os combates. Segundo as autoridades paquistanesas, o fogo tomou conta de duas partes do edifício.

Dezenas de ambulâncias foram enviadas à zona de conflito para se unirem à polícia e às tropas militares.

Ataque ao Aeroporto de Karachi2

Pelo Twitter, o major-general do Exército paquistanês, Asim Bajwa, garantiu que medidas foram tomadas para segurança das pessoas. “Todos os passageiros em aviões foram evacuados para locais mais seguros, para podermos ir a captura dos terroristas.”

Quando o controle do aeroporto foi restabelecido, o porta-voz do Exército Asim Bajwa declarou: “Zona liberada. Nenhum dano aos aviões. O incêndio visto em imagens foi extinto, mas se tratava de um prédio e não de um avião. Todas as atividades vitais do aeroporto estão intactas”.

140609123342-pakistan-karachi-airport-smoke-horizontal-gallery

Domingo sangrento

Também ontem, um ataque suicida contra um restaurante matou pelo menos 23 pessoas no sudoeste do país. De acordo com o ministro do Interior da província do Baluchistão, Akbar Durrani, no momento do assalto, estavam no local cerca 300 paquistaneses xiitas que retornavam do Irã.

Podemos confirmar que 23 pessoas morreram, incluindo vários peregrinos xiitas e membros das forças de segurança, declarou o chefe da pasta. Ainda segundo ele, sete pessoas ficaram feridas.

Localizado na fronteira com Afeganistão e o Irã, o Baluchistão é alvo de repetidos atos de violência e atentados contra a minoria xiita, que constitui 20% da população paquistanesa. O país lida com grupos terroristas há décadas. Uma das maiores facções radicais é o Tehreek-e-Taliban.

FONTE : correiobraziliense

,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Temporada hípica da EsEqEx

Dia do Exército – 1ª DE

Campeonato de salto do Exército Brasileiro

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.