• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Ministério da Defesa

Cerimônia no Rio de Janeiro marca os 70 anos do Dia da Vitória

Por   

Cerimônia em comemoração pelos 70 anos do Dia da Vitória realizada no Rio de Janeiro

Para celebrar os 70 anos da vitória dos países aliados sobre o nazi-fascismo, foi realizada nesta sexta-feira (08) uma cerimônia no Monumento Nacional aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro. O comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, na condição de ministro da Defesa interino, presidiu a cerimônia representando o ministro Jaques Wagner, que participa das celebrações do Dia da Vitória na Europa.

Durante a solenidade, foi lida a mensagem da presidenta Dilma Rousseff, ressaltando que com o fim da Segunda Guerra, se fez necessário mudar a forma de conduzir a política mundial, evitando o conflito armado. “A humanidade soube trilhar o melhor caminho naquela encruzilhada. A Organização das Nações Unidas acolheu Estados oriundos dos processos de descolonização e conseguiu manter fria a Guerra que se instaurou após 1945”, salientou.

A presidenta também lembrou que o Brasil apoia os esforços da ONU pela paz, estando presente em 10 das 17 operações hoje conduzidas pelas Nações Unidas. “Nossos soldados, que tão bravamente lutaram na guerra, hoje colocam sua tenacidade e coragem a serviço da paz”, destacou.

O Brigadeiro  Rossato transmitiu a mensagem deixada por Jaques Wagner. No texto, o ministro destacou que os 70 anos do Dia da Vitória é uma oportunidade para reverenciar a memória de militares e civis que perderam suas vidas na conjuntura da guerra. “Prestamos uma homenagem de respeito e reconhecimento a todos aqueles que enfrentaram o rigor do combate”, salientou.

Jaques Wagner lembrou que a declaração de guerra do Brasil ao Eixo e o envio da Força Expedicionária Brasileira (FEB) para a Itália, em 1944, foram passos decisivos na História do Brasil. “Nosso país respondeu com soberania às repetidas agressões que vinha sofrendo das potências do Eixo e decidiu contribuir ativamente para o esforço de guerra aliado”, disse.

Homenagem aos combatentes da Segunda Guerra Mundial

Medalha da Vitória

Foram prestadas honras aos ex-combatentes que lutaram na Segunda Guerra. Outro destaque foi a condecoração de personalidades civis e militares com a Medalha da Vitória, instituída pelo Ministério da Defesa em 2014. Essa condecoração homenageia militares das Forças Armadas e civis nacionais e estrangeiros, que contribuiram para a difusão das ações e dos resultados alcançados pela FEB e pelos demais combatentes brasileiros. Entre os homenageados estavam militares que integraram missões de paz ou que apoiaram o Ministério da Defesa nas várias missões constitucionais.

Homenagens

Após a imposição das medalhas, foi realizada a aposição de coroa de flores no túmulo do soldado desconhecido e a exaltação à vitória. Associados à outras cerimônias realizadas em vários países, esses gestos demostram o reconhecimento do Estado brasileiro aos militares que combateram durante a Segunda Guerra.

As 45 bandeiras dos países que venceram a guerra, posicionadas durante todo o evento na frente do Monumento, também foram conduzidas durante a realização do desfile militar.

Além dos agraciados com a Medalha da Vitória, estiveram no ato o ministro do Traballho, Manoel Dias, a secretária-geral do Ministério da Defesa, Eva Maria Cella Dal Chiavon, o chefe de gabinete do ministro da Defesa, ministro Silvio José Albuquerque e Silva e os comandantes da Marinha, almirante Eduardo Leal Ferreira Bacellar, e do Exército, general Eduardo Dias Villas Bôas, dentre outras autoridades civis e militares.

, , , , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Temporada hípica da EsEqEx

Dia do Exército – 1ª DE

Campeonato de salto do Exército Brasileiro

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.