• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Segurança Pública

Oficial da PMERJ conquista diploma de Comissário de Polícia pela Escola Nacional Superior de Polícia da França

Por   Redação

Ao conquistar o diploma de Comissário de Polícia pela Escola Nacional Superior de Polícia (ENSP), instituição de excelência acadêmica francesa e de expressão internacional, o Tenente-Coronel da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Vitor Batista do Valle realizou uma façanha digna de aplausos e reconhecimentos de toda a Corporação.

Diplomado e integrante da 70ª turma da ENSP, o Ten-Cel Vitor é o primeiro policial militar brasileiro a concluir o curso responsável pela formação de policiais para exercerem o Alto Comando da Polícia Nacional francesa, além da Analise, Elaboração e Gestão de Políticas Públicas de Segurança da França, bem como de muitos países aliados. Subordinados ao Ministro do Interior francês, os Comissários de Polícia pertencem ao Quadro (Corpo) de Concepção e de Direção da Polícia Nacional do país, além de exercerem atributos de magistrado.

Na classificação final, o Oficial PMERJ, que exercia a função de Subcomandante do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) antes de ser admitido na ENSP, conquistou a primeira colocação entre os alunos oriundos de países não francófonos e sexto lugar geral. A cerimônia de formatura do curso de Comissário de Polícia foi realizada na última sexta-feira (28/06).

Considerado um dos mais difíceis e disputados do serviço público francês, o concurso para Comissário de Polícia exige dos candidatos um diploma de mestrado e aprovação nas provas escrita, oral, saúde, física e psicológica. A ENSP oferece todos os anos 15 vagas para policiais de países estrangeiros que mantém cooperação policial com a França, que. além das provas descritas, devem ter fluência em francês.

– Para conquistar uma vaga e conseguir frequentar o curso de Comissário de Polícia tive que passar numa seleção interna na PMERJ e em seguida no concurso de admissão da ENSP, cujas provas (todas em francês) foram realizadas na Embaixada da França, em Brasília. E para poder frequentar o Mestrado em Direito, Ciências Criminais e Defesa Interna tive que também ser aprovado no processo seletivo da Universidade Jean-Moulin Lyon 3 – conta o Ten-Cel Vitor, que tem formação acadêmica no Brasil em Direito e Mestrado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública pelo Centro de Altos Estudos da Segurança da Polícia Militar de São Paulo.

Uma contribuição expressiva para a PMERJ

As cadeiras que compõem a grade curricular do curso de Comissário de Polícia da ENSP e do Mestrado da Universidade de  demonstram o quanto as novas qualificações acadêmica e profissional do Ten-Cel Vitor poderão contribuir para Políticas Públicas de Segurança e na multiplicação do conhecimento aos policiais militares do Estado do Rio de Janeiro. Eis algumas das disciplinas ministradas no curso: Luta contra crime organizado, luta contra terrorismo, crimes cibernéticos, crimes ambientais, biopirataria, bioterrorismo, inteligência, investigação criminal, defesa e salvaguarda dos direitos fundamentais, direito penal e processual penal, análise da insegurança, geopolítica e estado das ameaças, função pública do Estado, defesa interna e Civil, gestão de riscos e de crises, inteligência econômica, inquéritos policiais, liberdades públicas, management (Gestão), media training, ordem pública,  parcerias operacionais para Segurança Pública, polícia administrativa, segurança dos Sistemas de Informação, sociologia da Segurança e tecnologias de Informação e de Comunicações.

, , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Dia Internacional do Peacekeeper no CCOPAB

Temporada hípica da EsEqEx

Dia do Exército – 1ª DE

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.