• Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • RSS
Força Aérea

Esquadrão da FAB forma tripulantes operacionais

Por   

black Hawk FAB.2

Cinco helicópteros H-60 Black Hawk e uma equipe de cinquenta militares do Esquadrão Harpia (7°/8° GAV) treinam exercícios de simulação de guerra no Campo de Provas Brigadeiro Velloso (CPBV), na Serra do Cachimbo, sul do Pará. A operação de tiro aéreo e tiro lateral encerra em 06 de junho.

O programa de atividades inclui voos CSAR (da sigla em inglês Combat Search and Rescue), ou seja, busca e salvamento em área de combate com emprego de armamento em estande tático; rapel; formação de líderes de esquadrilha e de elemento, formação de tripulantes operacionais além do uso dos óculos de visão noturna, o NVG (Night Vision Goggles).

black Hawk FAB

De acordo com o oficial de operações do Esquadrão Harpia, Major Aviador Denys Martins de Oliveira, o exercício operacional é fundamental para a capacitação operacional e aperfeiçoamento dos militares. “Quando o esquadrão é deslocado para uma manobra temos a oportunidade de treinar toda a equipe.

Usamos o aprendizado desses exercícios para nos prepararmos e atuarmos em eventos como as Olimpíadas de 2016, atuando na defesa aérea para que a sociedade sinta-se protegida e consciente que nosso trabalho está sendo realizado com sucesso”, afirmou.Na FAB, além do Esquadrão Harpia, sediado na Base Aérea de Manaus (BAMN), opera o H-60L Black Hawk o Esquadrão Pantera (5°/8° GAV) sediado na Base Aérea de Santa Maria (RS).

black Hawk FAB.3

Fonte | Fotos: cecomsaer

, , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Formatura do Treinamento Específico de Auxiliar de Precursor

Dia Internacional do Peacekeeper no CCOPAB

Temporada hípica da EsEqEx