• Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • RSS
Força Aérea

Jovem de 14 anos é agraciado por seu trabalho de divulgação das Forças Armadas e da aviação

Por   Redação

Conhecido nas mídias sociais pelo seu trabalho divulgando as Forças Armadas, a história dos veteranos da Força Expedicionária Brasileira, do 1° Grupo de Aviação de Caça, a paixão pela aviação, o Escotismo e a importância da vida ao ar livre para crianças e adolescentes, o Escoteiro e aluno do Colégio da Força Aérea Brasileira, Miguel Colucci, tornou-se a mais jovem personalidade a receber a “Medalha Asas da Forças” da Academia de Medalhística Cívico Militar do Brasil.

A Medalha Asas da Forças tem com objetivo homenagear a Força Aérea Brasileira e é destinada a premiar civis e militares que, por abnegação, dedicação e capacidade profissional, tenham contribuído para fortalecer e divulgar os feitos históricos da Força Aérea Brasileira. Por seu dedicado trabalho, que já atinge quase 15 mil pessoas na página @modalidadedoar no Instagram e do canal “Escoteiro do Ar” no Youtube, o jovem foi agraciado com a medalha em solenidade presidida pelo Ten Cel PM Marcelo Vaz, subcomandante do Grupamento Aéreo da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro.

“Eu comecei a página para divulgar as Forças Armadas e a história do Brasil na Segunda Guerra, temas que gosto desde pequeno e poucos se interessam em conhecer. Aproveitei para convidar os jovens a ingressarem no Escotismo, uma outra paixão minha, e experimentarem mais a vida ao ar livre. A página surgiu na pandemia, quando via a maioria dos meus colegas presos no telefone e vendo conteúdos ruins, coisas inúteis e sem nenhum contato com o ar livre. Nunca imaginei que a página pudesse crescer como cresceu e receber esta medalha no GAM, unidade que sou muito fã, é muito bom. Não tem como descrever!” – declarou o jovem Miguel de 14 anos.

A Academia de Medalhística Cívico Militar do Brasil é uma Associação sem fins lucrativos que tem por finalidade exteriorizar o reconhecimento as personalidades cujas ações tenham significativamente contribuído ou venham contribuir para o bom desenvolvimento ou estreitamento entre civis e militares concorrendo para melhor integração da sociedade. Suas condecorações são destinadas a premiar Militares e Civis que, por abnegação, dedicação e capacidade profissional, tenham contribuído para fortalecer e divulgar os feitos históricos, estreitando as relações de amizade e compreensão. As personalidades que homenageados pela Academia deverão ser indicadas por comandantes, chefes ou diretores de organizações militares das Forças Armadas e das Forças Auxiliares via contato com a Academia de Medalhística Cívico Militar do Brasil.

A Academia d deverão ser indicadas por comandantes, chefes ou diretores de organizações militares das Forças Armadas e das Forças Auxiliares via contato com a Academia de Medalhística Cívico Militar do Brasil.


 

Fonte | Fotos: Redação

, , , , , , , , , , , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Formatura do Treinamento Específico de Auxiliar de Precursor

Dia Internacional do Peacekeeper no CCOPAB

Temporada hípica da EsEqEx