• Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • RSS
Mercado & Indústria

Lockheed Martin acerta a compra da Sikorsky

Por   

lockheed-martin-office

A empresa americana Lockheed Martin maior empresa de Defesa norte-americana, confirmou à fontes da Reuters que chegaram a um acordo para a aquisição da Sikorsky de Stratford junto à empresa United Technologies Corps, por mais de US$ 800 milhões. A compra, que será anunciada em breve, deverá resultar no fim do construtor de helicópteros sediado em Hartford desde o final dos anos 20 do século passado. A Sikorsky fabricante dos helicópteros Black Hawk e Marine One do Presidente dos Estados Unidos, emprega 8.000 pessoas no Connecticut, tendo sua maior fábrica em Stratford e unidades satélites em Bridgeport, Trumbull e Shelton. No total, a companhia gera  15.000 empregos.

sikorsky office2

De acordo com os analistas ouvidos pela Reuters no domingo, não se espera uma ameaça imediata para o emprego no Estado do Connecticut, mas haverá uma gradual redução de efectivos ao longo do tempo. Mark Bobbi, consultor e analista do sector aeroespacial, não espera que a Lockheed vá relocalizar a Sikorsky fora do Connecticut, mas deverá contratar mais trabalho em outsourcing a fornecedores low-cost. Em 2014, as vendas do construtor de helicópteros foram de US$ 740 milhões, cerca de 11% das receitas da UTC, mas a margem de proveitos operacional da Sikorsky foi a mais baixa entre as divisões da UTC no ano passado.

sikorsky-fabrica

Confirmando-se a compra. a Sikorsky será a maior aquisição efetuada pela Lockheed Martin desde a compra da Martin Marieta Corp, por US$ 100 milhões, há duas décadas. A Textron chegou a fazer uma oferta pela Sikorsky, mas desistiu da proposta quando o preço subiu, relatou a Reuters citando fontes envolvidas no processo. A Textron Lycoming, o construtor de motores sediado em Stratford, historicamente um dos maiores empregadores do sul do Connecticut, foi vendida à AlliedSignal Corp em meados dos anos 90.

lockheed-martin-fabrica

Na semana passada, fontes oficiais do Pentágono disseram que iriam avaliar cuidadosamente qualquer venda da Sikorsky Aircraft, o maior fornecedor de helicópteros às Forças Armadas americanas. Afirmaram na ocasião que era importante “manter a concorrência e evitar distorções de mercado”. De acordo com a Reuters, o Departamento de Defesa pode opor-se a uma fusão envolvendo fornecedores chave durante um inquérito federal anti-cartel, neste caso, liderado pelo Departamento de Justiça. A venda da Sikorsky tem sido alvo de especulação desde há um ano. Em Março último, a UTC disse que iria estudar alternativas e em Junho, apontou para uma venda ou para um spinoff aos accionistas.

Fonte: NewsAvia

Fonte | Fotos: operacional

, , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Formatura do Treinamento Específico de Auxiliar de Precursor

Dia Internacional do Peacekeeper no CCOPAB

Temporada hípica da EsEqEx