• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
Internacional

Estados Unidos aceitam vender torpedos à Turquia

Por   

img_1014

O Governo dos Estados Unidos aprovou um possível fornecimento às autoridades Turcas através do procedimento de vendas militar ao exterior de uma quantidade não revelada de torpedos pesados Raytheon Integrated Defense Systems MK 48 Mod 6 AT por um montante estimado em 170 milhões de dólares, que incluí ainda equipamentos e serviços associados.

O torpedo destina-se aos seis submarinos de ataque U214/1200 da Classe Cerbe com propulsão combinada diesel-eléctrica, adquiridos em Julho de 2009 pela SSM (Savunma Sanayii Mustesarligi) da Turquia aos Alemães da ThyssenKrupp Marine Systems (TKMS) e que os Estaleiros Navais de Golcuk construirão nos próximos anos para o Comando das Forças Navais Turcas (Turk Deniz Kuvvetleri Komutanligi).

SHIP_SSK_U-214_lg

Os submarinos Turcos serão provavelmente também armados com o míssil guiado IDAS (Interactive Defence and Attack System for Submarines) do consórcio ARGE IDAS que agrupa as empresas Alemãs TKMS e Diehl BGT Defence. O sistema de armas IDAS é capaz de atingir helicópteros de guerra anti-submarina, navios de superfície e alvos em terra.

Os U214/1200 da Marinha Turca, também serão equipados com o sistema naval de combate ISUS 90 (Integrated Submarine combat System) do fabricante Alemão Atlas Elektronik que nesse âmbito coopera ativamente com a empresa pública Turca Havelsan.

ay-atilay-type-209-1200

A força submarina Turca é hoje constituída por submarinos do tipo U209 que compreende 8 unidades U209/1400 que formam as classes Gur e Preveze e seis unidades U209/1200 da Classe Atilay.

, , , , , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Temporada hípica da EsEqEx

Dia do Exército – 1ª DE

Campeonato de salto do Exército Brasileiro

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.