RSS
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • RSS

Geopolítica

Pyongyang adverte: Tiros contra navio norte-coreano foram uma grave provocação

Por   

Cleared for public release by LCDR Thomas Cotton, OIC, COMCAMGRUPAC, (619)571-7130, thomas.h.cotton@navy.mil

A Coreia do Norte classificou como uma “grave provocação” os tiros disparados contra um navio de sua frota pela Marinha da Coreia do Sul. A embarcação norte-coreana teria entrado em águas reivindicadas por Seul no Mar Amarelo durante um exercício de rotina. Pyongyang destacou que o navio se retirou do local após os cinco disparos sul-coreanos. No domingo (25), a Marinha da Coreia do Sul comunicou o incidente afirmando que foram tiros de advertência no dia anterior. No mesmo dia, aconteceu um encontro de famílias das duas Coreias separadas pela guerra entre os países.

O governo norte-coreano, através da agência estatal KCNA, destacou que ações como esta não contribuem para a melhoria das relações entre Seul e Pyongyang e que haverá somente um desastre enquanto os fomentadores da guerra forem imprudentes. A Guerra da Coreia, entre 1950 e 1953, tecnicamente não terminou, uma vez que não foi assinado um tratado de paz. Pyongyang vem cobrando a celebração de um documento para que o “conflito” seja resolvido. O Mar Amarelo é uma das regiões cujos limites de cada país são contestados. A Coreia do Norte não reconhece a fronteira defendida internacionalmente.

FONTE: Sputniknews

Fonte | Fotos: operacional

, , , , , , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Formatura do Treinamento Específico de Auxiliar de Precursor

Dia Internacional do Peacekeeper no CCOPAB

Temporada hípica da EsEqEx

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.