RSS
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • RSS

Mercado & Indústria

Thales apresenta tecnologias de defesa na Exponaval 2016

Por   

captas-1_copyright_thales_3

A Thales, líder global em tecnologia para os mercados Aeroespacial, Transporte, Defesa e Segurança, leva para a Exponaval 2016 todas as suas grandes inovações e tecnologias para defesa naval.

São soluções de alta disponibilidade, confiabilidade e baixo custo de manutenção, enfatizando o comprometimento da empresa com pesquisa e desenvolvimento contínuos.

A Exponaval acontece de 29 de novembro a 2 de dezembro, em Concon, no Chile. Entre as soluções da Thales que estarão sendo apresentadas ao público do evento, destaque para:

Sistemas Subaquáticos: Com mais de 50 anos de experiência em Guerra subaquática, a Thales é a maior exportadora de sonares do mundo. Na Exponaval, o destaque da empresa é a família CAPTAS. São sonares ativos e passivos de profundidade variável para navios de superfície. A Thales também irá apresentar o Mines & Obstacle Avoidance Sonar (MOAS) para submarinos, que garante manobras e navegação subaquática seguras.

Vigilância Marítima: O destaque nesta área é o Coast Watchers 100, um radar de vigilância costeira de longo alcance, capaz de detectar e rastrear automaticamente pequenos alvos na superfície em mar agitado, assim como alvos no ar em baixa altitude. Foi especialmente projetado para missões de vigilância costeira (antiterrorismo e antipirataria), contrabando, imigração ilegal, pesca ilegal e entrada de bens pela costa.

Outra tecnologia no segmento de vigilância é o AMASCOS® – sistema de missão aérea para uso terrestre e marítima. Projetado para todos os tipos de aeronaves, o AMASCOS® integra a aquisição de dados para as forças conduzirem a vigilância costeira e missões antissuperfície e antissubmarinas.

Serviços: Com uma real compreensão do ambiente operacional, expertise comprovada em integração de sistemas navais, os serviços da Thales são organizados sob medida para os planos e programas específicos de seus clientes. As soluções seguem o princípio da “arquitetura aberta”, projetadas para simplificar os processos de integração, reduzir custos e melhorar o desempenho operacional.

Fonte | Fotos: operacional

, , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Dia Internacional do Peacekeeper no CCOPAB

Temporada hípica da EsEqEx

Dia do Exército – 1ª DE

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.