News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Thursday, 20 de June de 2024
Home » Geopolítica » Kiev e OTAN estudam criar uma força para realizar operações especiais conjuntas

Kiev e OTAN estudam criar uma força para realizar operações especiais conjuntas

Diversos
Por

Kiev e Otan

A Ucrânia e a OTAN começarão em breve a realizar um projeto para criar forças de operações especiais, declarou o embaixador de Kiev na Aliança, Igor Dolgov. “Começará em breve a realização de um projeto conjunto com a OTAN para criar forças de operações especiais dentro das Forças Armadas da Ucrânia”, disse Dolgov em uma reunião do conselho interparlamentar Ucrânia-OTAN em Kiev.

As forças “estarão dotadas com equipamentos especiais”, completou. Segundo Dolgov, a criação das forças especiais está prevista pelo programa de cooperação entre a Ucrânia e a OTAN para o ano de 2015. A Rada Suprema (parlamento ucraniano) aprovou em dezembro uma série de emendas que supõem a renúncia ao status não alinhado, o que torna possível a entrada da Ucrânia na OTAN.

O programa de cooperação de Kiev com a Aliança estipula a modernização dos meios de comunicação, a homologação das Forças Armadas ucranianas aos padrões da OTAN, a reciclagem e a adaptação social dos militares ucranianos, a reabilitação física dos militares ucranianos feridos, assim como questões de logística, ciberproteção e outros.

FONTE : Sputniknews

Fonte | Fotos: operacional