News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Friday, 21 de June de 2024
Home » Internacional » Exército Britânico interessado nos VBCIs e CAESAR franceses

Exército Britânico interessado nos VBCIs e CAESAR franceses

Diversos
Por

vbci-20131220

O Veículo Blindado de Combate de Infantaria (VBCIs) em serviço no Exército Francês desde 2008, tem impressionado os militares do Exército Britânico durante suas campanhas recentes (Afeganistão, Líbano, Mali) e durante alguns exercícios franco-britânicos.

Além disso, em janeiro, em uma reunião de cúpula entre Brize e Norton, foi acordado que militares britânicos tivessem a oportunidade de experimentar os VBCIs, para uma análise de uma possível aquisição em um futuro próximo, foi dito ainda que a compra em em questão, está ligada a compra do UAV Watchkeeper, fabricado pela Thales (UK) pelo Governo Frances.

l-interieur-du-vbci-felinise_large_mobile

Para o Exército Britânico, o veículo responde a uma necessidade real, especialmente porque seus FRES (Futur Rapid Effect System –  Sistema Futuro de Efeito Rápido), que incluia a compra de veículos blindados Piranha 5 da General Dynamics, foi cancelada. A nota emitida para explicar o cancelamento foi que, os VBCIs haviam sido desconsiderados por conta de uma suposta falta de proteção …

De qualquer forma, mais de 6 meses após o encontro entre Brize e Norton, uma “carta de intenções” foi assinada em 1 º de julho, em Londres pelo general Ract-Madoux, o Chefe do Estado Maior Estado-Maior do Exército (CLS) e o seu homólogo britânico.

le-vbci

Após tal acordo, foi colocada à disposição do exército britânico por um período de 6 meses, 19 VBCIs e 2 Caminhões equipados com um sistema de artilharia (CAESAR), que ao que parece, já está em posse do Exército Britânico (pelo menos oficialmente).

O Ministério da Defesa francês tem insistido que esta ” cooperação terá um custo limitado para a França”, pois o treinamento militar dos britânico será fornecido pelo 1 º Regimento de Chasseurs d’Afrique Canjuers, em seus centros de preparação de comandantes, os quais tem precisamente essas tarefas de instrução as futuras tripulações de VBCIs.

vehicule-blinde-de-combat-de-l-infanterie

FONTE : ZoneMilitaire.opex360

Fonte | Fotos: operacional