News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Friday, 21 de June de 2024
Home » Internacional » Russia pode vir a fazer uso da sua Marinha para bloquear a costa síria se for preciso

Russia pode vir a fazer uso da sua Marinha para bloquear a costa síria se for preciso

Diversos
Por

Rússia pode usar Marinha para bloquear a costa síria´© Sputnik/ Grigoriy Sisoev

A Russia pode usar a sua Frota do Mar Negro para bloquear a costa síria e assim como executar ataques de artilharia, disse o presidente do Comitê da Defesa da Duma Estatal russa e ex-comandante desta frota, Vladimir Komoedov. “Quanto ao uso da Frota do Mar Negro na operação creio que isto não possa acontecer (pelo menos de imediato), mas em termos de um bloqueio na costa acho que é bastante possível. A realização de ataques de artilharia contra o EI não está excluída os navios estão prontos para isso, mas neste momento isto não faz sentido”.

Os terroristas estão no interior (da Síria) fora do alcance da artilharia, explicou Komoedov. O deputado acrescentou que o número de navios a eventualmente ser usado na operação irá depender de intensidade dos confrontos. Ele relatou que a flotilha da Marinha russa no Mediterrâneo neste momento é suficiente para realizar ações na área. Komoedov também manifestou que os barcos auxiliares serão seguramente usados na operação contra o Estado islâmico para fornecer armamentos, assim como equipamento militar e técnico.

A Rússia realiza desde o dia 30 de setembro ataques aéreos localizados contra alvos do Estado Islâmico na Síria. Este ataques começaram logo após que Damasco efetuou o pedidode  ajuda militar à Federação da Russia no combate ao terrorismo na Síria, os alvos são selecionados através de dados da inteligência russa e síria, inclusive através de reconhecimento aéreo. O embaixador da Síria na Rússia Riad Haddad, confirmou anteriormente que os ataques são realizados exatamente contra grupos armados terroristas e não contra a oposição ou a população civil. Segundo os dados do embaixador, o exército sírio tem as coordenadas exatas das posições dos terroristas.

FONTE: Sputniknews

Fonte | Fotos: operacional