News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Wednesday, 24 de April de 2024
Home » Marinha » Submarino “Timbira” é o primeiro a atracar na nova Base Naval em Itaguaí

Submarino “Timbira” é o primeiro a atracar na nova Base Naval em Itaguaí

Marinha
Por

Objetivo foi verificar a adequabilidade da atracação dos submarinos Classe “Tupi” no cais da nova base

O Submarino “Timbira” tornou-se, em 25 de novembro de 2014, o primeiro submarino a atracar no cais do Estaleiro e da Base Naval (EBN) em Itaguaí (RJ), local que abrigará a nova Base de Submarinos da Marinha do Brasil. A manobra foi acompanhada pelo Coordenador do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), Almirante-de-Esquadra Gilberto Max Roffé Hirschfeld, e pelo Gerente do Empreendimento Modular 18, Contra-Almirante Newton de Almeida Costa Neto.

O objetivo da comissão foi verificar a adequabilidade da atracação dos submarinos Classe “Tupi” no cais da nova base naval. A comissão também serviu como preparativo para os eventos que antecederão a cerimônia de inauguração do prédio principal do Estaleiro de Construção, no dia 12 de dezembro de 2014.

Fruto de uma parceria firmada entre os governos da França e do Brasil, que culminou na criação do PROSUB, o estaleiro e a nova base de submarinos estão sendo edificados no município de Itaguaí. O complexo ocupará uma área de mais de 90 mil metros quadrados e deve estar pronto até o ano de 2015. No local, serão construídos quatro novos submarinos convencionais e o primeiro submarino com propulsão nuclear brasileiro, numa iniciativa que colocará o Brasil em destaque, como o primeiro país da América Latina a atingir tal avanço tecnológico.

Fonte | Fotos: ccsm