News

Escoteiros de Irajá participam de troca de guarda do Monumento aos Pracinhas

AECB Brasília realiza homenagem a veteranos da FEB

Militares do Comando Militar do Norte fortalecem o preparo em Operações Aeromóveis

Tropa do Exército Brasileiro se prepara para atividade internacional

Operações Interagências: saiba como é atuação da Marinha com outros órgãos

Condor apresenta tecnologias inteligentes durante a LAAD 2023 e anuncia o primeiro Instituto de Ciência e Tecnologia para não letais da América Latina

Grupo EDGE, dos Emirados Árabes Unidos, participa pela 1ª vez da LAAD

Tuesday, 27 de February de 2024
Home » Mercado & Indústria » Depois do A-Darter, Brasil e África do Sul podem produzir um novo míssil de longo alcance

Depois do A-Darter, Brasil e África do Sul podem produzir um novo míssil de longo alcance

Mercado & Indústria
Por

A-Darter

Poucos meses após o lançamento da linha de montagem do míssil ar-ar A-Darter, que tem previsão que ocorra no início do próximo ano, a Denel Dynamics, quer trabalhar com o Brasil para o desenvolvimento de novos mísseis, o qual pode vir a ser o míssil ar-ar guiado por radar, Marlin, cujo alcance é estimado em 100 milhas (+/- 160,93 km).

O A-Darter que já se encontra em estágio final de desenvolvimento, com a produção  em série devendo começar em 2015 e os primeiros mísseis devem estar em serviço em 2016.

Denel-Marlin-2

Os testes de integração já foram feitos em aeronaves Gripen C / D da Força Aérea Sul-Africano ( SAAF), o que deve acelerar a integração da arma no futuro Gripen NG no Brasil, que serão entregues a partir de 2018.

sam_umkhonto-ir_scenario

Da mesma forma, a Marinha do Brasil estaria interessado no míssil Umkhonto IR . também produzido localmente pela Denel Dynamics , para no caso os incorporar as suas fragatas.

Fonte | Fotos: defensa