• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Segurança Pública

Beltrame apresenta projeto para mudar Estatuto do Desarmamento

Por   

Jose-Mariano-Beltrame

O Secretário de segurança pública do Estado do Rio de Janeiro em conjunto com setores do Governo Estadual concluíram  as propostas que serão apresentadas à bancada fluminense do Congresso para uma eventual mudança do Estatuto do Desarmamento. Entre as sugestões, adiantadas ao GLOBO pelo secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, está o aumento da pena para o porte de arma de uso restrito, de seis para oito anos de prisão.

A Aquisição, o fornecimento ou transporte de granadas ou explosivos passariam a ser punidos com seis a 12 anos de prisão. O documento vai propor ainda que o uso de armas de brinquedo e simulacros capazes de atemorizar vítimas durante a prática de um crime seja penalizada com até três anos de detenção.

O texto será entregue na quarta-feira com uma carta expondo os motivos da iniciativa e uma manifestação de apoio a projetos de lei que também tenham o objetivo de produzir uma legislação mais rígida.

armas do crime

O Estatuto do Desarmamento contribuiu muito para a redução da letalidade, embora o país tenha uma média de 52 mil mortos por armas de fogo por ano. Isso é um dado importante, pois mostra que ainda vivemos um estado de barbárie — avaliou Beltrame.

O que acontece no Rio é que temos armas de alto poder bélico e explosivos. Os bandidos mantêm seus territórios com o auxílio desse armamento, que tem um potencial muito grande em razão de sua energia e alcance, de dois a três quilômetros, e que também produz pesados estragos por meio de estilhaços de balas. Já estamos tirando os territórios deles, agora temos que evitar que mantenham seus arsenais. Para isso, precisamos endurecer a legislação.

FONTE : O Globo

Fonte | Fotos: operacional

, , , ,

Recomendados para você

Comentários

GALERIA

Dia Internacional do Peacekeeper no CCOPAB

Temporada hípica da EsEqEx

Dia do Exército – 1ª DE

©Copyright 2017 - Comandos Editorial. Todos os direitos reservados.

É expressamente proíbida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sendo os infratores indiciados com base na Lei nº 9.610 de 19/02/1998.

Operacional Magazine: proud to be Brazilian.