News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Friday, 14 de June de 2024
Home » Exército » 4° BIL inaugura Espaço Cultural em homenagem ao Regimento Raposo Tavares

4° BIL inaugura Espaço Cultural em homenagem ao Regimento Raposo Tavares

Exército

Foi inaugurado em 25 de Abril de 2019 o Espaço Cultural 3º Sgt Mário Kozel Filho – Regimento Raposo Tavares, no Quartel do 4° Batalhão de Infantaria Leve em Quitaúna, Osasco – São Paulo.  O Secretário de Segurança Pública de São Paulo, Gen Ex João Camilo Pires de Campos, prestigiou a solenidade que foi presidida pelo Comandante da 2ª  Divisão de Exército, Gen Div. André Luiz Novaes Miranda e contou com a presença do Gen Bda Hélder de Freitas, comanante da 12ª Brigada de Infantaria Leve.

O Espaço Cultural 3º Sgt Mário Kozel Filho nasceu do sonho de um veterano do Regimento Raposo Tavares. Foi o  3º Sgt Ronaldo Gianesi, que decidiu perpetuar, através de um acervo temático, a história desta importante organização militar Exército Brasileiro, cujo herdeiro atual em nome e tradição, é o 4° Batalhão de Infantaria Leve. Este sonho só tornou-se possível graças ao trabalho do Ten Cel Tiago Corradi Junqueira Pinto, comandante do 4° BIL, que, auxiliado pelo 1°Ten João Batista da Silva Lopes, que não mediram esforços e trabalho, para transformar em realidade este projeto.

O nome escolhido para o espaço cultural é uma homenagem ao Terceiro-Sargento Mário Kozel Filho, morto em um atentado no Quartel-General do Ibirapuera. Em 26 de junho de 1968, 51 anos atrás, às 4 horas e 45 minutos da manhã, um veículo aproximou-se da entrada do aquartelamento e foi lançado em direção ao Quartel-General. O veículo lançado e preparado pelo grupo terrorista VPR (Vanguarda Popular Revolucionária), desceu a rua desgovernado, ultrapassando os limites do portão da guarda do quartel, capotou e bateu contra a parede do edifício. Os sentinelas deram o alarme, buscando reagir à ameaça. Um dos soldados, acreditando que havia alguém ferido dentro do veículo, aproximou-se, momento em que foi atingido por uma forte explosão, que destruiu parte do prédio e atingiu cinco soldados da guarda, dos quais um foi ferido mortalmente: o Soldado nº 1803, Mário Kozel Filho, do então 4° Regimento de Infantaria, hoje 4° Batalhão de Infantaria Leve.

Fonte | Fotos: Revista operacional