News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Sunday, 21 de April de 2024
Home » Exército » Câmara dos Deputados avalia a doação de 25 blindados M-41 do Exército Brasileiro ao Exército Uruguaio

Câmara dos Deputados avalia a doação de 25 blindados M-41 do Exército Brasileiro ao Exército Uruguaio

Exército
Por

IMG_6751

A Câmara dos Deputados do Brasil está analisando um pedido apresentado pelo Poder Executivo sobre a doação de 25 veículos blindados de combate M-41 do Exército Brasileiro para o Exército Uruguaio após acordo entre os dois países. Os custos avaliados para a transferência dos M-41 pelo Ministério da Defesa, ficou orçado em cerca de US$ 150.000.

Segundo a proposta, a doação será feita pelo Comando do Exército Brasileiro e está sujeita à aprovação prévia do Governo dos Estados Unidos, pois este é o país de origem dos blindados e a transferência depende do certificado de utilizador final, entregue por este governo.

Os Veículos doados estão desatualizados e raramente são utilizados como auxiliares de treinamento pelo Comando do Exército. Além disso, o Brasil está substituindo seus blindados pelos Leopard 1A5 que foram adquiridos junto ao governo alemão.

IMG_6757

A proposta, que está sendo tratada de forma conclusiva e prioritária, será revista pela comissão mista da Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul, as Comissões de Relações Exteriores e de Defesa; Do Trabalho, Administração Pública e Função; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Uma vez no Uruguai, os antigo M-41 devem ter suas armas modernizadas que por razões econômicas, o Exército Brasileiro trocou os canhões originais de 76 milímetros dos M-41 por canhões de 90 mm, o que resultou em vários problemas durante o uso.

Estes veículos, juntamente com os existente e velhos M-24, que estão em seus últimos dias de vida, teriam de ser substituídos nos próximos três anos junto com os problemáticos TI-67, para um modelo mais moderno e adequado ao Exército Uruguaio.

IMG_6758

Fonte | Fotos: defensa