News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Tuesday, 16 de April de 2024
Home » Exército » Escoteiro do Rio de Janeiro é condecorado com a Medalha Marechal Mascarenhas de Moraes

Escoteiro do Rio de Janeiro é condecorado com a Medalha Marechal Mascarenhas de Moraes

Exército

Na última quinta-feira (22), o sênior Miguel Cilento do 210º Grupo Escoteiro do Ar Maj. Brig. Meira, localizado no bairro de Irajá (RJ), foi agraciado com a Medalha Marechal Mascarenhas de Moraes, em solenidade realizada na Associação Nacional dos Veteranos da Segunda Guerra Mundial para celebrar os 79 anos da Conquista de Monte Castelo pelar tropas brasileiras durante a Segunda Guerra Mundial. A solenidade, realizada na tradicional Casa da FEB, reuniu autoridades civis e militares para fazer memória a um dos episódios mais emblemáticos da história da FEB durante a Segunda Guerra Mundial.

O Miguel realiza importantes trabalhos de preservação da nossa história, seja com palestras em escolas, participação em encontros e simpósios de veterano, além de manter nas redes sociais o perfil “Escoteiro no Ar, onde apresenta suas atividades no Escotismo e cria conteúdos que buscam aproximar o público infantojuvenil do importante trabalho das Forças Armadas e desta importante página da história brasileira. Está conosco desde bem pequeno e somos gratos por seu trabalho! – destacou a Sra. Vandira Pinheiro, presidente da ANVEB.

Situado na região de Gaggio Montano a conquista do Monte Castello era uma parte muito importante dentro da segunda fase do plano de rompimento da Linha Gótica, comandado pelo IV Corpo do V Exército Americano. A campanha de conquista deste ponto arrastou-se por três meses e tentativas anteriores frustradas das tropas brasileiras, que tinham que enfrentar as elevadas e privilegiadas posições de artilharia alemães, um dos invernos mais rigorosos dos últimos anos e um terreno esburacado e lameado pelos bombardeiros e a chuva, custaram muitas vidas de nossos soldados. O ataque final e vitorioso, iniciado ao amanhecer do dia 21 de fevereiro de 1945, após as investidas do Batalhão Uzeda, do Batalhão Franklin e o Batalhão Sizeno Sarmento, com forte apoio da Artilharia Divisionária que efetuou um fogo de barragem contra o cume do monte Castello, as tropas brasileiras conquistaram este importante ponto no início da noite daquele mesmo dia. Segundo o Censo da FEB, realizado pelos pesquisadores, Daniel Mata Roque, Daniel Dinucci, Danilo Dinucci e Isalete Leal, o Brasil possui hoje aproximadamente 58 veteranos da FEB vivos.

Apaixonado pela história militar brasileira e entusiasta da preservação e divulgação da história dos heróis brasileiros que participaram da Segunda Guerra Mundial, o sênior Miguel Cilento foi a pessoa mais jovem a receber Medalha Marechal Mascarenhas de Moraes. Criada pela ANVFEB em 14/08/1969, ela tem por finalidade homenagear de forma permanente pessoas e instituições que tenham prestado significativos serviços à FEB ou à classe por ela assistida. A elevada expressão dessa homenagem que os Veteranos da FEB prestam aos homenageados está bem sintetizada no nome escolhido para definir a condecoração: o Marechal Mascarenhas de Moraes, nascido em São Gabriel (RS), foi o grande comandante da FEB na Campanha da Itália e o último Marechal brasileiro na ativa.

Miguel Cilento, neste momento parte do passado do Brasil, na presença de um presente vibrante, outorga ao futuro do Brasil todas as nossas tradições civis e militares, na qual a FEB uma de suas principais representações. Você é o futuro do Brasil, toda responsabilidade, não nos decepcione. Estamos certos disso! – declarou o veteranos da Segunda Guerra, ao fazer a imposição ao sênior do 210º GEAr/RJ.

Fonte | Fotos: Operacional