News

Escoteiros de Irajá participam de troca de guarda do Monumento aos Pracinhas

AECB Brasília realiza homenagem a veteranos da FEB

Militares do Comando Militar do Norte fortalecem o preparo em Operações Aeromóveis

Tropa do Exército Brasileiro se prepara para atividade internacional

Operações Interagências: saiba como é atuação da Marinha com outros órgãos

Condor apresenta tecnologias inteligentes durante a LAAD 2023 e anuncia o primeiro Instituto de Ciência e Tecnologia para não letais da América Latina

Grupo EDGE, dos Emirados Árabes Unidos, participa pela 1ª vez da LAAD

Thursday, 22 de February de 2024
Home » Força Aérea » Aeronave da FAB realiza Evacuação Aeromédica em terra Yanomami

Aeronave da FAB realiza Evacuação Aeromédica em terra Yanomami

Força Aérea

Esquadrão Harpia (7º/8º GAV) prestou socorro, com o H-60L Black Hawk, a uma mulher gestante com complicações no parto

 

O Sétimo Esquadrão do Oitavo Grupo de Aviação (7º/8º GAV) – Esquadrão Hárpia, sediado na Base Aérea de Manaus (BAMN), realizou nessa quarta-feira (11/01), a Evacuação Aeromédica (EVAM) de uma indígena gestante da comunidade Wanapiki, localizada no Polo-Base Parima, próximo à região de Surucucu, no estado de Roraima (RR). A paciente encontrava-se com sérias complicações no parto, que geravam risco de morte tanto à mãe quanto ao bebê.

A missão foi solicitada pelo Ministério da Saúde e coordenada pelo Ministério da Defesa, que acionou o Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE). A operação foi realizada com um helicóptero H-60L Black Hawk da Força Aérea Brasileira (FAB). Após quatro horas de voo, tendo que realizar reabastecimento por plotter em clareira (processo de transferir combustível de um reservatório externo para a aeronave), devido ao mau tempo, o helicóptero chegou à comunidade. A paciente foi extraída e transportada a Boa Vista (RR), onde uma ambulância aguardava a sua chegada para a remoção até o hospital, no qual recebeu cuidados médicos.

O Comandante do 7º/8º GAV e piloto da aeronave, Tenente-Coronel Aviador Michelson Abrahão Assis, falou sobre o resgate: “As dificuldades logísticas aliadas à meteorologia adversa, inerentes à Região Amazônica, tornam a missão de salvar vidas um desafio extremamente gratificante”, relatou.

Na unidade de saúde após dois dias com a criança em sofrimento devido a complicações no parto, o bebê sobreviveu. Mãe e filho passam bem.

EVAM

Evacuação Aeromédica (EVAM) é a Ação que consiste em empregar meios de Força Aérea para remover e transferir pessoas feridas ou doentes para locais onde possam receber assistência médica adequada.

Fonte | Fotos: 7º/8º GAV - Esquadrão Hárpia / Agência Força Aérea