News

Escoteiro do Rio de Janeiro é condecorado com a Medalha Marechal Mascarenhas de Moraes

Escoteiros de Irajá participam de troca de guarda do Monumento aos Pracinhas

AECB Brasília realiza homenagem a veteranos da FEB

Militares do Comando Militar do Norte fortalecem o preparo em Operações Aeromóveis

Tropa do Exército Brasileiro se prepara para atividade internacional

Operações Interagências: saiba como é atuação da Marinha com outros órgãos

Condor apresenta tecnologias inteligentes durante a LAAD 2023 e anuncia o primeiro Instituto de Ciência e Tecnologia para não letais da América Latina

Sunday, 03 de March de 2024
Home » Força Aérea » Esquadrilha da Fumaça finaliza missão na Base Aérea de Campo Grande

Esquadrilha da Fumaça finaliza missão na Base Aérea de Campo Grande

Força Aérea
Por

A missão do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), na Base Aérea de Campo Grande (MS), encerrou-se na manhã desta quarta-feira, dia 13 de agosto. A iniciativa contou com a participação de 29 militares da Esquadrilha da Fumaça, entre Oficiais e Graduados de diversas áreas, além de um representante técnico da Empresa Brasileira de Aeronáutica (EMBRAER).

O Comandante do EDA, Tenente-Coronel Marcelo Gobett Cardoso, ressalta que a campanha visou à prática de simulador de voo da aeronave A-29 Super Tucano, localizado no 3º Esquadrão do 3º Grupo de Aviação, Esquadrão Flecha e ao treinamento de deslocamento em esquadrão e do transporte da equipe de apoio e de material logístico em uma missão fora de sede.

No simulador de voo, não só os pilotos treinaram procedimentos de emergência, como também alguns mecânicos especialistas na área de motores do Esquadrão. Segundo o Sargento em Manutenção de Aeronaves Clodoaldo Casagrande Trink, “a atividade foi realizada pelos mecânicos que trabalham com giro de performance do motor da aeronave A-29.

Nós simulamos algumas panes que podem ocorrer durante a partida do avião para sabermos qual procedimento ideal deverá ser aplicado. Dessa forma, podemos evitar que o motor seja danificado durante as operações de solo”.

FONTE : EDA

 

 

Fonte | Fotos: operacional