News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Sunday, 14 de April de 2024
Home » Internacional » Arábia Saudita está levando armamentos pesados para perto da fronteira com Iêmen

Arábia Saudita está levando armamentos pesados para perto da fronteira com Iêmen

Diversos
Por

Soldados Arabia Saudita

A Arábia Saudita está transportando equipamento militar pesado, incluindo artilharia, para áreas próximas à fronteira com o Iêmen, disseram autoridades dos Estados Unidos nesta terça-feira, elevando o risco de que a maior potência de petróleo do Oriente Médio seja arrastada para o conflito iemenita.

A ação ocorre após um avanço para o sul de militantes xiitas Houthi, apoiados pelo Irã, que tomaram o controle da capital Sanaa em setembro e apreenderam a cidade central de Taiz no fim de semana, num momento em que se aproximam da nova base do presidente Abd-Rabbu Mansour Hadi, apoiado pelos EUA.

saudi_astros-1

O conflito corre o risco de tornar-se uma guerra com os xiitas do Irã apoiando os Houthis, e Arábia Saudita e as demais monarquias sunitas regionais apoiando Hadi. Os armamentos movidos pela Arábia Saudita poderiam ser usados para fins ofensivos ou defensivos, disseram duas fontes do governo dos EUA. Dois outros funcionários norte-americanos afirmaram que a ação parecia ser defensiva.

Uma fonte do governo norte-americano descreveu o tamanho da iniciativa da Arábia na fronteira do Iêmen como “significativa” e disse que os sauditas poderiam estar preparando ataques aéreos para defender Hadi se os Houthis atacarem seu refúgio no porto de Aden, sul do país. Outra autoridade dos EUA, falando sob condição de anonimato, declarou que Washington havia adquirido dados de inteligência sobre a medida da Arábia.

main_battle_tanks

Mas não havia nenhuma palavra imediata sobre a localização precisa perto da fronteira ou o tamanho exato da força implementada. Hadi, que apoiou a campanha dos EUA de ataques aéreos mortais contra um poderoso ramo da Al Qaeda com base no Iêmen, está escondido em Aden com suas forças leais desde que fugiu de Sanaa em fevereiro.

Fonte | Fotos: reuters