News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Tuesday, 23 de April de 2024
Home » Internacional » Três bombardeiros B-52´s dos EUA, chegam a Europa para o Exercício BALTOPS

Três bombardeiros B-52´s dos EUA, chegam a Europa para o Exercício BALTOPS

Diversos
Por

b52s_guam_20080910

Três bombardeiros B-52 Stratofortress da Força Aérea dos EUA já estão em território europeu para realizar manobras de treinamento com a OTAN durante 14 dias.

Conforme o comunicado feito pela Força Aérea dos EUA, o objetivo é que durante a permanência destes bombardeiros nas bases aéreas, eles sirvam para “o aprimoramento das habilidades de reação e pronto emprego em áreas chaves nas bases aéreas na região.”

b5206

Os B-52´s estão sob a responsabilidade do Comando Aéreo dos EUA na Europa durante os exercícios militares “BALTOPS” no mar Báltico, que vão durar até o dia 21, com a participação de até 13 países membros da OTAN.

As três aeronaves chegaram esta semana na base aérea britânica em Fairford, vindo de bases americanas em Barksdale (Louisiana) e Minot (Dakota do Norte).

bomber-infographics_00333979

Foi confirmado que a aeronave, que pode transportar armas nucleares, não levaram consigo nenhum tipo de arma, além disso, um dos B-52 vai participar na celebração planejada neste fim de semana em comemoração ao 70 º aniversário do desembarque na Normandia.

b52guam_20081125

Os Aviões chegam a Europa, poucos dias depois de que o presidente Barack Obama veio, em uma turnê que prometeu uma ajuda estimada em mais de um milhão de euros para a Europa Oriental para ser utilizado no combate a influência militar da Rússia na região.

Fonte | Fotos: defensa