News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Friday, 14 de June de 2024
Home » Internacional » Voo da Air France para Nova York é escoltado após ameaça anônima

Voo da Air France para Nova York é escoltado após ameaça anônima

Diversos
Por

 

airfrance

Um voo da Air France que ia de Paris a Nova York foi escoltado por dois caças F-15 dos Estados Unidos até o Aeroporto Internacional John F. Kennedy, em Nova York, após uma ameaça anônima nesta segunda-feira. A possível presença de armas químicas, reportada em uma ameaça anônima, criou o alerta no voo.

Um funcionário do aeroporto informou que o avião procedente do Aeroporto Charles de Gaulle, pousou em segurança no Aeroporto JFK. Ele foi  levado a um local seguro para ser revistado. A ameaça anônima foi feita por telefone a um quartel da polícia estadual de Maryland na manhã desta segunda-feira, declarou a polícia. “A pessoa que ligou fez uma ameaça de bomba envolvendo uma aeronave comercial”, informou a polícia estadual de Maryland em um comunicado.

Citando uma autoridade de alto escalão dos EUA não identificada, a rede de televisão ABC News disse que a pessoa em questão fez uma ameaça de uso de armas químicas a bordo do avião. As autoridades avaliaram que o aviso não parecia ter credibilidade, ainda assim os caças foram acionados.

A330 AF

A aeronave pousou, foi esvaziada e liberada sem incidentes ou riscos relatados pelos passageiro ou tripulantes, disse o porta-voz do FBI, J. Peter Donald. O jornal “New York Post” afirmou que 165 passageiros e 11 tripulantes estavam a bordo do Airbus A330, mas esses números não foram confirmados de forma independente.

Representantes da Administração Federal de Aviação, da Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey e da Air France não puderem ser contatados de imediato para comentar.

Fonte | Fotos: g1