News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Wednesday, 24 de April de 2024
Home » Marinha » Marinha realiza Cerimônia de Ativação do 22° Contingente do GrupOpFN – Haiti

Marinha realiza Cerimônia de Ativação do 22° Contingente do GrupOpFN – Haiti

Marinha
Por

Solenidade no Pátio Brigada Real da Marinha, no Comando da Divisão Anfíbia

No Pátio “Brigada Real da Marinha” no Comando da Divisão Anfíbia, no dia 30 de abril, ocorreu a Cerimônia de Ativação do 22° Contingente do Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais – Haiti. No total, 175 militares foram preparados para atuar na Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti a partir de maio, quando iniciará o revezamento de Tropas de Fuzileiros Navais.

Os militares passaram por uma preparação de seis meses, que envolveu vários adestramentos, como o treinamento em primeiros socorros, controle de distúrbios, patrulhas mecanizadas e a pé, check points, controle de comboio, segurança de autoridade, realização de Ações Cívico Sociais, ocupação e operação de Ponto Forte, além de instruções sobre o Direito Internacional dos Conflitos Armados (DICA).

Visando consolidar a prática e os ensinamentos das fases de preparação individual e coletiva, foi realizado um exercício denominado Adestramento de Batalhão e Proteção que inclui, em seu final, um tema tático com o objetivo de tornar o exercício o mais próximo possível da realidade local. A Marinha do Brasil participa da MINUSTAH desde o seu início, em 2004. Já integraram essa Missão de Paz em torno de seis mil militares da MB.

Fonte | Fotos: ccsm