News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Friday, 19 de July de 2024
Home » Força Aérea » FAB e SAAB assinam contrato de manutenção e apoio logístico para o Gripen NG

FAB e SAAB assinam contrato de manutenção e apoio logístico para o Gripen NG

Força Aérea
Por

GripenDemo_br725

A Força Aérea Brasileira e a empresa Saab assinaram nesta quinta-feira (18/12) o contrato de apoio logístico para a frota de 36 aeronaves Gripen NG, no valor de 548.465.036,26 de coroas suecas (SEK). Este valor está incluído na ratificação de despesa, publicada no Diário Oficial da União nº 207, de 27 de outubro de 2014.

O acordo inclui serviços de manutenção e suporte técnico especializado para as aeronaves, seus componentes internos e equipamentos de manutenção. A Saab deverá prestar os serviços entre 2021 e 2026, com o apoio direto de empresas brasileiras.  “Esse contrato torna segura a solução de apoio logístico do Gripen NG para o Brasil. Também representa parte importante do comprometimento da Saab em entregar o sistema Gripen NG à Força Aérea Brasileira”, diz Ulf Nilsson, Diretor de Unidade de Negócios da SAAB.

De acordo com o Brigadeiro do Ar José Augusto Crepaldi Affonso, presidente da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC), o cronograma de eventos contratuais está correndo dentro da normalidade processual, conforme explanado em Audiência Pública, na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara dos Deputados, no dia 9 de dezembro deste ano. “Dando prosseguimento às ações administrativas, encontra-se em fase final de negociação o contrato de aquisição de armamento”, explica.

Fonte | Fotos: cecomsaer