News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Wednesday, 24 de April de 2024
Home » Força Aérea » FAB reforça defesa cibernética para a Jornada Mundial da Juventude

FAB reforça defesa cibernética para a Jornada Mundial da Juventude

Força Aérea
Por

Durante a visita do Papa Francisco ao Brasil para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontece no Rio de Janeiro entre os dias 23 e 28 de julho, os Centros de Computação da Aeronáutica atuarão no reforço da Defesa Cibernética. Foram mobilizados 25 militares dos Centros do Rio de Janeiro (CCA-RJ), de São José dos Campos (CCA-SJ) e de Brasília (CCA-BR), que estão diretamente envolvidos na missão de garantir a defesa do espaço aéreo e a segurança para o Papa Francisco e os dois milhões de pessoas aguardadas para o evento.

As cidades de Aparecida (SP), que receberá a visita do pontífice no dia 24 de julho, e Brasília (DF) estão incluídas no teatro operacional com atuação de técnicos e analistas de tecnologia da informação do Comando da Aeronáutica. Com esta operação, a Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), órgão ao qual os centros de computação estão subordinados, vai assegurar o fluxo eletrônico de informações e garantir a proteção dos dados que serão gerados diariamente nas células operacionais da FAB destas localidades.

“As atividades desempenhadas pelo Sistema de Tecnologia da Informação nas operações e exercícios militares são fundamentais à tomada de decisões de forma rápida, confiável e segura”, avalia o Tenente-Coronel Aviador Marcelo Valverde Fernandes, Chefe da Divisão Técnica do CCA-RJ.

Fonte | Fotos: cecomsaer