News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Thursday, 20 de June de 2024
Home » Força Aérea » Sargento Thaís é primeira mulher a exercer função de Operador Radar do Esquadrão Phoenix

Sargento Thaís é primeira mulher a exercer função de Operador Radar do Esquadrão Phoenix

Força Aérea
Por

Sgt Thaís

A Sargento Especialista em Eletrônica Jéssica Thaís Fruett foi a primeira mulher a assumir a função de Tripulante Operacional do Esquadrão Phoenix (2°/7° GAV), sediado em Florianópolis (SC). A decisão foi tomada pelo Conselho Operacional de Instrutores do Esquadrão no dia 14 de maio.

A Sargento Thaís passou por um rigoroso processo de treinamento e avaliação, percorrendo as mais diversas etapas no processo formativo do tripulante.

Ela concluiu o Estágio de Conhecimento Teórico da Aeronave P-95B e o Estágio de Operação do Radar MELL SUPER SEARCHER, tendo cumprido as missões do simulador Tático – SITRAM.

Phoenix_Bandeirulha_SP_02

E após 30 horas voadas em instrução aérea, sendo submetida a diversas condições de voo, a militar atingiu os requisitos necessários para o exercício da função de Operador Radar em Aeronave P-95B.

“A função de Operador Radar é muito importante durante o voo, e fico muito feliz por ter aberto as portas do Esquadrão para o quadro feminino. Não tenho dúvidas da responsabilidade que tenho de servir como exemplo para as próximas que virão”, afirmou a Sargento Thaís.

O Operador do Radar tem por responsabilidade operar o modo Meteorológico do RADAR MELL SUPER SEARCHER, embarcado nas aeronaves P-95B.

Fonte | Fotos: cecomsaer