News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Tuesday, 16 de April de 2024
Home » Geopolítica » Rússia e Índia estudam projeto de modernização aos caças Su-30MKI

Rússia e Índia estudam projeto de modernização aos caças Su-30MKI

Diversos
Por

Caça SU-30 MKI © Sputnik/ Vyacheslav Afonin

A corporação de tecnologia Rostec anunciou nesta sexta-feira (11) que a Índia tem manifestado o interesse na realização de um projeto conjunto para modernizar seus aviões Su-30MKI em colaboração com empresas russas. “No longo prazo, tal como recomendado pelo Ministério da Defesa russo, planejamos uma grande atualização do Su-30SM para aumentar a sua eficácia de combate. O governo indiano manifestou interesse em colaborar para modernizar o Su-30MKI, que é uma evolução do Su-30SM”, destacou a Rostec em comunicado.

Segundo a corporação, os dois modelos de aeronaves ganharão aviônicos e radares atualizados, bem como um motor mais potente. O Su-30SM e o Su-30MKI também serão equipados com armas adicionais. O nome Su-30MKI (Flanker-H, segundo a OTAN) é o caça-bombardeiro de elite da Força Aérea indiana.

O avião foi desenvolvido pela russa Sukhoi Aviation Corporation e construído sob licença pela indiana Hindustan Aeronautics.Moscou e Nova Délhi têm sido parceiras próximas na cooperação militar e técnica durante décadas. Em 2014, o valor total de armas e equipamento entregues pela Rússia para a Índia chegou a US$ 4,7 bilhões, de acordo com o Serviço Federal Russo para estimativas de cooperação técnico-militar.

FONTE : Sputniknews

Fonte | Fotos: operacional