News

Escoteiro do Rio de Janeiro é condecorado com a Medalha Marechal Mascarenhas de Moraes

Escoteiros de Irajá participam de troca de guarda do Monumento aos Pracinhas

AECB Brasília realiza homenagem a veteranos da FEB

Militares do Comando Militar do Norte fortalecem o preparo em Operações Aeromóveis

Tropa do Exército Brasileiro se prepara para atividade internacional

Operações Interagências: saiba como é atuação da Marinha com outros órgãos

Condor apresenta tecnologias inteligentes durante a LAAD 2023 e anuncia o primeiro Instituto de Ciência e Tecnologia para não letais da América Latina

Sunday, 03 de March de 2024
Home » Internacional » Estado Islâmico tem mais de 2000 carros blindados apreendidos das forças iraquianas

Estado Islâmico tem mais de 2000 carros blindados apreendidos das forças iraquianas

Diversos
Por

Mideast-Iraq-Islamic-State

Um ataque do Estado Islâmico (EI) com carros-bomba contra um quartel entre Samarra e o Lago Tharthar, no Iraque, matou 41 policiais e milicianos xiitas. O grupo também ganhou terreno no centro da Síria e avança no país, cada vez mais fragmentado pela luta entre governo e rebeldes. Jihadistas já controlam 300 mil quilômetros quadrados na região de fronteira entre Iraque e Síria, área próxima à da Itália.

Na investida do EI contra o quartel de polícia na área de Tharthar, ao norte de Ramadi, capital de Anbar, extremistas utilizaram três veículos Humvee, causando uma grande explosão secundária num depósito de munição, disseram as autoridades. Outros 63 membros das forças de segurança ficaram feridos no ataque.

carro bomba

2,3 mil carros blindados Perdidos

Essa ação se assemelha a uma outra coordenada, como aconteceu em Ramadi, no mês passado, que permitiu aos militantes capturarem a cidade. Vários oficiais de alta patente estão entre os mortos. Anbar tem sido palco de violentos combates entre as forças pró-governo e militantes do EI nas últimas semanas, numa ofensiva lançada por Bagdá para retomar áreas perdidas. Em outro ataque, 45 pessoas ficaram feridas em Muthanna, região em que as forças de segurança e paramilitares xiitas lutam para expulsar os jihadistas.

No final de semana, o governo iraquiano reconheceu que o EI capturou 2.300 veículos blindados das forças iraquianas durante a tomada de Mossul em junho de 2014, na província de Nínive, segundo afirmou o primeiro-ministro Haidar al-Abadi. Trata-se de uma grande perda que impulsionou a capacidade do grupo extremista.

Iraqi_soldier_humvee_news_01042007_004

Não conseguimos repor os Humvees perdidos em batalha — disse o premier. — Além disso, ainda estamos perdendo Humvees por causa da continuação da luta. Os confrontos começaram em Mossul, segunda maior cidade do Iraque, em 9 de junho de 2014, com as forças iraquianas sendo derrotadas no dia seguinte. A tomada de Mossul marcou o início de uma ofensiva do EI que varreria grande parte do país.

No ano passado, o Departamento de Estado americano aprovou uma venda para o Iraque de mil Humvees. Os militantes apreenderam armas, munições e outros equipamentos quando várias divisões iraquianas fugiram. Nos últimos dois meses, a coalizão que apoia o governo iraquiano já lançou mais de quatro mil bombardeios contra o EI. Na província de Aleppo, na fronteira com a Turquia, os extremistas expandiram seu controle às custas de outros grupos rebeldes rivais.

Humvee_police iraqui

FONTE : O Globo

Fonte | Fotos: operacional