News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Monday, 20 de May de 2024
Home » Internacional » Exército dos EUA assina acordo com a BAE Systems para novas estruturas do M777

Exército dos EUA assina acordo com a BAE Systems para novas estruturas do M777

Diversos

O novo contrato apresenta condições ideais para um provável reinício da produção do M777

A BAE Systems assinou um acordo com o Exército dos EUA para as estruturas principais do obuseiro leve M777, sob uma Ação de Contrato Não Definida (UCA), que atualmente está limitada a US$ 50 milhões.
Este modelo UCA permite que a BAE Systems comece as entregas do programa, enquanto finaliza os detalhes do contrato e seu valor total com o cliente.

A BAE Systems trabalhará com sua cadeia de suprimentos no Reino Unido e nos EUA para produzir as principais estruturas de titânio do M777, que formam a base do canhão. As primeiras estruturas principais devem ser entregues em 2025.

A BAE Systems tem observado um aumento no interesse de toda a Europa, Ásia e Américas pelo sistema de armas M777. Esse novo contrato cria as condições ideais para o reinício da produção do M777 no Reino Unido e apresenta uma oportunidade para que usuários novos e existentes participem de uma nova iniciativa de produção do M777 e aproveitem os benefícios e economias de uma linha de produção em escala. Os EUA, assim como o Canadá e a Austrália, doaram M777s para a Ucrânia.

“Esse reinício da produção das principais estruturas para os M777s do Exército dos EUA ocorre em um momento importante, com os obuseiros sendo utilizados em operações na Ucrânia.  Os EUA, assim como o Canadá e a Austrália, doaram M777s para a Ucrânia. Sabemos que eles estão tendo um bom desempenho e estamos muito orgulhosos do nosso papel no apoio aos nossos aliados”, disse John Borton, vice-presidente e gerente geral da BAE Systems Weapons Systems UK, que gerencia a fabricação e a montagem dos obuseiros leves M777. “O M777 permanecerá na vanguarda da tecnologia de artilharia no futuro por meio do uso de inserções técnicas, desenvolvimentos de munição guiada de precisão de longo alcance e opções flexíveis de mobilidade.”

Com a metade do peso de outros obuseiros rebocados de 155 mm, o M777 da BAE Systems oferece uma capacidade de reação rápida e qualidade comprovada que proporciona poder de fogo decisivo em condições de combate sustentado. Com mais de 1.250 M777s em serviço nas forças terrestres nos Estados Unidos, na Ucrânia, nas Américas, na Austrália e na Índia, o M777 é o único obuseiro leve de 155 mm comprovado em combate no mundo.

Fonte | Fotos: BAE Systems