News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Sunday, 16 de June de 2024
Home » Internacional » Suécia anuncia que o Governo Croata está interessado no caça Gripen C/D

Suécia anuncia que o Governo Croata está interessado no caça Gripen C/D

Diversos
Por

Gripen NG Fighter Jet Plane (12)

A Agência de Exportação de Defesa Sueca FXM anunciou no dia 24 de outubro que o país está oferecendo oficialmente o JAS 39 Gripen C/D para a ser analisado na concorrência em que o Governo Croata, pretende abrir. O anúncio feito, se deve pelo fato que o Ministério da Defesa Croata (MoD) fez em junho, um pedido de informações para adquisição de 8 à 12 aeronaves para substituição da sua envelhecida frota de MiG-21bis ‘Fishbed-L’, que estão atualmente em processo de modernização.

De acordo com o Plano de Desenvolvimento de Longo Prazo (LTDP 2.015-2.024) do MoD Croata, a frota de MiG-21 permanecerá em serviço ativo até 2024, como resultado da modernização as quais elas estão sendo submetidas. O plano para a substituição das  aeronave estão previstos para começarem à partir de 2019, sendo que governo croata pode também estar considerando a compra de caças Lockheed Martin F-16 Fighting Falcon de segunda mão, de algum outro país para que se possa cumprir a exigência de manter a soberania de seu território, caso a negociação pela compra dos novos caças sofram algum atraso ou revés novamente.

A Saab já tinha oferecido o caça Gripen para a Croácia em 2007, com uma proposta de 12 aeronaves (10 monoplaces e 2 Biplaces) que foi avaliada na época em € 700 milhões No entanto, a aquisição ficou estagnada na época por conta da crise financeira global de 2008, e uma re-priorização nos gastos do governo croata.

Fonte | Fotos: janes