News

SAFRAN ESTÁ NA FIDAE 2024 COM SEUS PRODUTOS DE PONTA

Embraer e FAB iniciam estudos para plataformas de missões especiais

Pavilhão Brasil, coordenado pela ABIMDE, é inaugurado por autoridades na FIDAE 2024

Forças Armadas e agências federais destroem helicóptero e detêm piloto em operação contra garimpo ilegal na terra indígena Yanomami

IACIT fortalece presença entre principais marcas globais na FIDAE 2024

Operação Catrimani II: Forças Armadas empregam 800 militares em nova fase de combate ao garimpo na TI Yanomami

Marinha e Polícia Federal apreendem carga de cigarros contrabandeados no litoral do Pará

Sunday, 21 de April de 2024
Home » Marinha » Fuzileiros Navais de Belém vão atuar pela 2ª vez no Complexo de favelas da Maré

Fuzileiros Navais de Belém vão atuar pela 2ª vez no Complexo de favelas da Maré

Marinha
Por

Companhia é composta por 112 militares

O Grupamento de Fuzileiros Navais de Belém (GptFNBe), subordinado ao Comando do 4° Distrito Naval, enviou, no dia 21 de abril, uma Companhia de Fuzileiros Navais ao Rio de Janeiro (RJ) para integrar o Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais da Força de Fuzileiros da Esquadra, participantes da “Operação São Francisco”, no Complexo de favelas da Maré.

A Companhia, composta por 112 militares, passou por treinamento especial para se adaptar às atividades nas comunidades ocupadas pela Força de Pacificação e vai atuar com Poder de Polícia em área restrita, por tempo limitado. O objetivo da missão é preservar a ordem pública, a integridade da população e garantir o funcionamento regular das instituições em uma área onde vivem mais de 130 mil brasileiros.

Essa é a segunda vez que tropas do GptFNBe são enviadas para missão de apoio à segurança pública, em conformidade com os preceitos constitucionais atinentes ao emprego das Forças Armadas em tarefas de Garantia da Lei e da Ordem. No ano passado, a Companhia designada era composta por 105 militares e permaneceu de 24 de outubro de 2014 a 7 de janeiro de 2015 no Complexo da Maré.

Fonte | Fotos: ccsm