News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Tuesday, 23 de July de 2024
Home » Ministério da Defesa » Ministro da Defesa teve reunião com executivos da Airbus Defence and Space em Paris

Ministro da Defesa teve reunião com executivos da Airbus Defence and Space em Paris

Ministério da Defesa
Por

JLC_1564

O ministro da Defesa, Jaques Wagner, manteve conversa com executivos da área espacial da Airbus Defence and Space, na capital francesa. Neste segundo dia de visitas a empresas da França, Wagner recebeu o presidente da Airbus, François Auque, e Bruno Gallard, que comanda a empresa no Brasil.

Na Embaixada do Brasil em Paris, Wagner manteve encontro com o diretor geral para a estratégia da Airbus Group e também presidente do Grupo de Industrias Francesas Aeronáuticas e Espaciais (Gifas), Marwan Lahoud, bem como o presidente da área e helicópteros da companhia francesa, Guillaume Faury, e o presidente da Helibras, Eduardo Masson.

Na sequência, o ministro brasileiro se reuniu com o presidente da Thales, Patrice Caine, e  com o presidente do grupo para a América Latina, Ruben Lazo. Jaques Wagner conclui a missão oficial à França amanhã quando terá uma reunião bilateral com o ministro francês da Defesa, Jean-Yves Le Drien.

O ministro se disse satisfeito com o saldo da viagem de três dias, que contou com visitas a usinas em Cannes e Cherbourg, onde estão sendo construídos os submarinos brasileiros, além de uma bateria de reuniões com empresários. O contexto, no entanto, não é dos melhores, dado o ajuste fiscal promovido pelo governo, que cortou de quase metade do orçamento da Defesa para o primeiro trimestre deste ano.

Fonte | Fotos: ministeriodadefesa