News

Forças Armadas e sociedade civil transportam 3,6 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul na maior campanha humanitária já registrada no país

Embraer e FAB colaboram com logística e doações para o Rio Grande do Sul

P-3AM Orion faz primeiro voo com novas asas

ABIMDE coordenou empresas brasileiras na Defence Service Asia 2024

KC-390 Millennium transporta Hospital de Campanha da FAB para Canoas

Hospital de Campanha da Marinha inicia atendimentos no RS nesta quinta-feira (9)

Exército instala Hospital de Campanha para apoio de saúde à população no Rio Grande do Sul

Monday, 15 de July de 2024
Home » Mercado & Indústria » NUCLEP entrega mais duas seções do SBR-1 à Itaguaí Construções Navais

NUCLEP entrega mais duas seções do SBR-1 à Itaguaí Construções Navais

Mercado & Indústria
Por

nuclep.3

A Nuclebrás Equipamentos Pesados S/A – NUCLEP entregou à Itaguaí Construções Navais (ICN), na Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas (UFEM), na última terça-feira (07/03), mais duas seções do primeiro submarino brasileiro (SBR-1) em parceria com a França. Os equipamentos se juntarão às partes do casco já entregues no início do ano, garantindo assim o cronograma de construção das embarcações.

Para o diretor industrial, Liberal Zanelatto, a obra, que permite ao Brasil entrar num seleto grupo de países com tecnologia para a construção de submarinos, incluindo embarcações a propulsão nuclear, é de extrema importância para a área de defesa. Com a tecnologia absorvida durante esse processo, o país poderá desenvolver novos projetos no futuro, dependendo de suas necessidades.

– Um país continental como o Brasil precisa de embarcações de qualidade para proteger a sua costa. Estará a cargo desses submarinos que estamos participando da construção esse trabalho. Para a NUCLEP é um orgulho estar presente em um projeto estrategicamente tão importante para a Nação – frisou Liberal.

O Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB) é uma parceria do governo brasileiro com a França para a construção de quatro submarinos convencionais e um a propulsão nuclear, da classe Scorpéne. Os três primeiros convencionais já estão em construção, sendo que a primeira chapa do SBR-3 foi cortada pela NUCLEP em janeiro último.

FONTE : NUCLEP S/A

Fonte | Fotos: operacional